Pelo menos três morrem em terremoto de magnitude 6,1 na costa do Golfo do Irã, diz TV

DUBAI (Reuters) – Pelo menos três pessoas morreram em um terremoto de magnitude 6,1 no sul do Irã na madrugada deste sábado (horário local), informou a televisão estatal.

“Infelizmente até agora tivemos três mortes e oito feridos”, disse Mehrdad Hassanzadeh, chefe de gerenciamento de emergências na província de Hormozgan, na costa do Golfo do Irã, à televisão.

A mídia iraniana mencionou a força do terremoto em 6,1, enquanto o Centro Sismológico Mediterrâneo Europeu (EMSC) disse que o tremor teve uma magnitude de 6,0. O terremoto ocorreu a uma profundidade de 10 km, disse a EMSC.

Importantes falhas geológicas cruzam o Irã, que sofreu vários terremotos devastadores nos últimos anos.

(Reportagem da Redação de Dubai e Mrinmay Dey em Bengaluru)

Líder indígena que combatia mineração ilegal é morto na Venezuela, diz ONG

PUERTO ORDAZ, Venezuela (Reuters) – Um líder indígena venezuelano que se opunha a grupos armados e mineração ilegal foi morto a tiros na quinta-feira na capital do Estado do Amazonas, disseram uma organização não governamental e três pessoas com conhecimento do caso.

Virgilio Trujillo Arana, um indígena uwottuja de 38 anos, era defensor da Amazônia venezuelana e havia formado grupos comunitários para atuar como guardiões do município de Autana, no Amazonas.

“Em vida, Trujillo Arana se opôs fortemente à presença de grupos estrangeiros e à exploração ilegal de mineração nos territórios indígenas do povo uwottuja, na área do Alto Guayapo”, escreveu a ONG de direitos indígenas A.C Kape Kape no Twitter.

A comunidade uwottuja é composta por cerca de 15.000 pessoas.

O diretor-geral da Kape Kape, Armando Obdola, disse à Reuters que Trujillo recebeu ameaças pelo ativismo e que o caso ecoava os assassinatos de ativistas ambientais e sociais na vizinha Colômbia.

Comunidades de uwottuja anunciaram em fevereiro passado a decisão de defender seu território contra uma “invasão silenciosa” por grupos criminosos, rejeitando a exploração ilegal de mineração, bem como o uso de suas terras para atividades ilícitas.

“Virgilio acompanhava as Forças Armadas como guarda territorial durante operações em áreas onde há grupos irregulares”, disse Obdola, acrescentando que há outros líderes escondidos que temem por suas vidas.

O Ministério da Comunicação e Informação e a Procuradoria não responderam imediatamente a um pedido de comentário.

(Reportagem de Maria Ramirez em Puerto Ordaz, Venezuela, e Deisy Buitrago em Caracas)

Governo baiano estuda vender até 100% de sua participação na Bahiagás

Por Rafaella Barros

GOIÂNIA (Reuters) – O governo baiano já começou os estudos para vender até 100% da sua nova fatia na Bahiagás antes mesmo de concluir a compra da participação da Gaspetro na distribuidora de gás canalizado.

O secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, estima, para até o fim de julho, a liquidação dos 340 milhões de reais que serão pagos à Compass pelo aumento de 51% para 75,5% das ações com direito a voto, e de 17% para 58,5% no capital total da empresa.

“Mas esse prazo depende porque a Compass ainda vai ter que assumir a administração da Gaspetro, o que envolve nomear conselheiros, diretores etc. Então, teremos esse hiato burocrático da transferência de controle”, disse Cavalcanti.

A Bahiagás é uma das 12 distribuidoras de gás canalizado que a empresa do grupo Cosan se comprometeu a vender do total de 18 que ela passou a deter com a aquisição dos 51% da Petrobras na Gaspetro. A transação foi aprovada sem restrições na semana passada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Segundo Cavalcanti, a área técnica do governo é quem vai apontar se o Estado deve se desfazer parcial ou totalmente de sua participação no negócio.

“Nós compramos não por decisão ideológica. A empresa já era estatal. Não muda nada. O que vimos foi uma oportunidade. Eu comprei por um preço bom para vender por um preço melhor. Esse valor 540 milhões de reais é inferior à nossa avaliação”, disse o secretário, sem detalhar qual é a avaliação atual do governo sobre o valor da empresa.

FORNECIMENTO

Os números da Bahiagás mostram uma guinada no negócio baseada principalmente na diversificação de sua base de fornecedores, na esteira da abertura do mercado de gás no país.

A distribuidora saiu de uma dependência de 86% da Petrobras no suprimento para um contrato que hoje atende a cerca de 15% do volume total de que a empresa precisa. Encabeça a lista de 10 supridores a Galp (24%), seguida da Shell.

Cavalcanti afirma que o suprimento diversificado trouxe uma economia média de 25% nos contratos em relação ao preço praticado da Petrobras.

“Hoje, a nossa molécula de maior valor – não vou dizer mais cara porque cada um sabe como valora – é a da Petrobras. Temos contratos com preços que chegam a ser 35% abaixo do da Petrobras”, disse o secretário.

A Bahiagás atende a cerca de 67 mil usuários em 22 cidades baianas. A distribuidora adquire, em média, 3,7 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia para os segmentos industrial, automotivo, comercial e residencial.

A companhia projeta para este ano um lucro líquido de 154,2 milhões de reais, 31,6% acima dos 117,2 milhões registrados em 2021.

Petrobras fecha acordo com ANP sobre royalties em unidade de xisto; pagará R$ 600 mi

SÃO PAULO (Reuters) – A Petrobras e a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) assinaram um acordo para o recolhimento de royalties referentes à produção de petróleo e gás na Unidade de Industrialização do Xisto (SIX), conforme comunicados da companhia e da reguladora nesta sexta-feira.

A ANP detalhou que houve contrato de concessão para exploração e produção de petróleo e gás natural proveniente de xisto.

O acordo, que encerra consensualmente as pendências relacionadas ao recolhimento de royalties e ao regime regulatório referentes às atividades de lavra de xisto, prevê o pagamento de aproximadamente 600 milhões de reais pela Petrobras.

Do valor total, 150 milhões de reais serão pagos no prazo de 30 dias após a homologação do acordo junto ao poder judiciário, e o saldo em 60 parcelas mensais e sucessivas, corrigidas pela taxa Selic.

Além disso, o contrato de concessão tem alíquota de royalties de 5%.

A Petrobras, por sua vez, afirmou que o acordo está sujeito a homologação judicial, mas que o valor já está provisionado em suas demonstrações financeiras.

A SIX é operada pela Petrobras e está localizada em São Mateus do Sul, no Paraná.

(Por Rafaella Barros)

EUA enviam à Ucrânia dois sistemas de mísseis terra-ar

Por Phil Stewart e Mike Stone

WASHINGTON (Reuters) – Os Estados Unidos estão enviando à Ucrânia dois sistemas de mísseis terra-ar Nasams, quatro radares de contra-artilharia adicionais e até 150.000 cartuchos de munição de artilharia de 155 mm como parte de seus mais recentes pacotes de armas para a Ucrânia, disse o Pentágono nesta sexta-feira.

O pacote de assistência, no valor de cerca de 820 milhões de dólares, foi amplamente anunciado pelo presidente dos EUA, Joe Biden, na quinta-feira, em Madri, após uma reunião de líderes da Otan focada na invasão da Ucrânia pela Rússia.

“Os ucranianos continuam enfrentando uma brutalidade acentuada mais uma vez esta semana por um ataque que atingiu um shopping cheio de civis. Eles continuam lutando por seu país, e os Estados Unidos continuam a apoiá-los e a sua justa causa”, disse o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, em um comunicado sobre a assistência.

Autoridades ucranianas disseram que um míssil Kh-22 disparado por um bombardeiro russo atingiu um shopping na cidade central de Kremenchuk na segunda-feira, matando pelo menos 19 pessoas. Esse ataque atraiu a condenação de líderes ocidentais e do papa, mas a Rússia rejeitou o relato da Ucrânia, dizendo que o míssil atingiu um depósito de armas fornecidas pelo Ocidente próximo ao shopping, fazendo com que ele pegasse fogo.

O Pentágono deu mais detalhes nesta sexta-feira ao formalizar o anúncio e disse que a mais recente rodada de assistência de segurança também inclui munição adicional para Sistema de Foguetes de Artilharia de Alta Mobilidade (Himars).

Trigo recua em Chicago para níveis pré-guerra da Ucrânia, soja e milho também caem

Por Karl Plume

CHICAGO (Reuters) – Os contratos futuros de trigo nos Estados Unidos caíram nesta sexta-feira para níveis não vistos desde que a invasão da Ucrânia pela Rússia em fevereiro interrompeu os fluxos da região do Mar Negro, pressionados por um dólar mais firme e pela crescente oferta global da colheita do Hemisfério Norte.

A soja e o milho recuaram em conjunto com o trigo em negociações de risco antes do longo fim de semana do feriado do Dia da Independência dos EUA e preocupações com a demanda morna e a economia em geral.

“Os mercados externos certamente são um fator, especialmente se você estiver falando sobre uma mudança na política do Federal Reserve e um dólar que está explodindo mais alto”, disse Mike Zuzolo, presidente da Global Commodity Analytics.

Os futuros de trigo de referência de Chicago caíram quase 40% em relação ao pico de março, já que alguns embarques de grãos começaram a fluir da Ucrânia e a aceleração das colheitas de trigo de inverno no Hemisfério Norte reforça a oferta.

O trigo para setembro caiu 38 centavos de dólar para 8,46 dólares o bushel, a mínima desde o fim de fevereiro e uma queda de 9,7% na semana.

O vencimento para a nova safra de soja, de novembro, tocou a mínima desde 4 de fevereiro e encerrou em queda de 62,75 centavos de dólar a 13,9525 dólares o bushel. O milho para dezembro recuou 12,25 centavos de dólar para 6,0750 dólares o bushel, queda de 9,9% para a semana e mínima de quatro meses.

(Reportagem de Karl Plume em Chicago)

Conselho do GPA decide vender 3 lojas Extra, troca diretor de operações

SÃO PAULO (Reuters) – O conselho de administração do GPA aprovou a venda de três lojas da bandeira Extra localizadas nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro. A companhia também informou em comunicado a renúncia de seu diretor de operações, Luiz Henrique Rodrigues Costa.

As lojas a serem vendidas estão nas cidades de Guarulhos (SP), São Paulo e Volta Redonda (RJ), segundo ata de reunião do conselho.

A renúncia de Costa foi informada em comunicado ao mercado, em que o GPA afirmou que o substituto do executivo será eleito “oportunadamente” pelo conselho de administração. Costa está no GPA desde 2014.

O GPA também informou que o conselho de administração decidiu “pela aquisição da participação acionária do Delivery Center na Cheftime”, mas não deu mais detalhes.

Biden prevê que Estados tentarão prender mulheres que viajem para fazer abortos

Por Jeff Mason e Rami Ayyub

WASHINGTON (Reuters) – O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, previu nesta sexta-feira que alguns Estados do país tentarão prender mulheres por cruzar as fronteiras estaduais para fazer abortos depois que a Suprema Corte anulou o direito constitucional aos procedimentos em todo o país.

Treze Estados liderados por republicanos proibiram ou restringiram severamente o procedimento sob as chamadas “leis de gatilho” após o tribunal derrubar a decisão histórica de 1973 Roe vs. Wade na semana passada. As mulheres nesses Estados que procuram um aborto podem ter que viajar para Estados onde o aborto permanece legal.

Em uma reunião virtual sobre direitos ao aborto com governadores democratas nesta sexta-feira, Biden disse acreditar que “as pessoas ficarão chocadas quando o primeiro Estado… tentar prender uma mulher por cruzar uma fronteira estadual para obter serviços de saúde”.

Ele acrescentou: “E eu não acho que as pessoas acreditam que isso vai acontecer. Mas vai acontecer, e vai mostrar para todo o país que este é um assunto gigantesco que vai além; quero dizer, afeta todos os seus direitos básicos”.

Biden afirmou que o governo federal agirá para proteger as mulheres que precisarem cruzar as fronteiras estaduais para fazer um aborto e garantir seu acesso a medicamentos nos Estados onde é proibido.

A governadora do Novo México, Michelle Lujan Grisham, disse na reunião que seu Estado “não cooperará” em nenhuma tentativa de rastrear mulheres que fizeram abortos para puni-las. “Não vamos extraditar”, disse ela.

Grupos de direitos ao aborto entraram com processo em vários Estados visando preservar a capacidade das mulheres de interromper a gravidez.

(Reportagem de Rami Ayyub, Jeff Mason e Susan Heavey)

Estatais federais tiveram lucro de R$187,7 bi em 2021, triplo do ano anterior

BRASÍLIA (Reuters) – As companhias controladas diretamente pela União tiveram um lucro líquido de 187,7 bilhões de reais em 2021, contra 60,6 bilhões de reais registrados no ano anterior, informou o Ministério da Economia nesta sexta-feira, ressaltando que o valor é o maior desde 2008.

No ano passado, segundo relatório da pasta, as estatais pagaram 101 bilhões de reais de dividendos e juros sobre capital próprio, sendo 43 bilhões de reais para o governo federal. O número engloba repasses relativos ao lucro de anos anteriores e antecipação por conta do resultado de 2021.

O lucro no ano foi majoritariamente gerado por Petrobras, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Eletrobras, representando 98% do total.

Os dados consolidados mostram que as estatais federais investiram 57,5 bilhões de reais em 2021. Do total, 90,3% foram no setor de petróleo e gás.

No total, os ativos das 47 companhias somaram 5,482 trilhões de reais em 2021. O faturamento total ficou em 999,8 bilhões de reais.

(Por Bernardo Caram)

Rússia mata 21 com mísseis perto de Odessa após abandonar ilha estratégica

Por Iryna Nazarchuk

SERHIIVKA, Ucrânia (Reuters) – A Rússia fez chover mísseis perto da cidade portuária ucraniana de Odessa, no Mar Negro, nesta sexta-feira, atingindo um prédio de apartamentos e um resort e matando pelo menos 21 pessoas, disseram autoridades ucranianas, horas depois que tropas russas foram expulsas da Ilha da Serpente, que fica nas proximidades.

Uma parte de um prédio de nove andares foi completamente destruída por um míssil à 1h da manhã. As paredes e janelas de um prédio vizinho de 14 andares também foram danificadas pela onda de explosão. Moradores estavam ajudando equipes de resgate a vasculhar os escombros.

“Viemos aqui para o local, avaliamos a situação junto com os socorristas e moradores, e juntos ajudamos aqueles que sobreviveram. E aqueles que infelizmente morreram, ajudamos a carregá-los”, disse Oleksandr Abramov, que mora na região e correu para o local quando ouviu a explosão.

Serhiy Bratchuk, porta-voz do governo regional de Odessa, disse que 21 pessoas foram confirmadas mortas, incluindo um menino de 12 anos.

O Kremlin negou atacar civis: “Gostaria de lembrá-los das palavras do presidente de que as Forças Armadas russas não trabalham com alvos civis”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, a repórteres.

Milhares de civis foram mortos desde que a Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro, no que a Ucrânia diz ser uma guerra de agressão não provocada. A Rússia chama a invasão de “operação especial” para erradicar o que chama de nacionalistas perigosos.

Um dia antes, a Rússia retirou suas tropas da Ilha da Serpente, um afloramento estrategicamente importante que conquistou no primeiro dia da guerra e usou para controlar o noroeste do Mar Negro, onde bloqueou Odessa e outros portos.

Em seu discurso noturno em vídeo, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, saudou o que descreveu como uma vitória estratégica.

“Ainda não garante a segurança. Ainda não garante que o inimigo não voltará”, disse ele. “Mas isso limita significativamente as ações dos ocupantes. Passo a passo, vamos empurrá-los de volta do nosso mar, da nossa terra e do nosso céu.”

No leste da Ucrânia, onde a Rússia está realizando sua principal ofensiva terrestre, as forças ucranianas estavam resistindo na cidade de Lysychansk, embora autoridades a tenham descrito estarem sob feroz ataque de artilharia.

Em Kiev, parlamentares ucranianos aplaudiram de pé quando a bandeira da União Europeia foi carregada pela câmara para ficar ao lado da própria bandeira da Ucrânia, um símbolo do status formal de candidatura da Ucrânia à UE concedido na semana passada.

O ataque a Odessa, usando mísseis de longo alcance, ocorre depois de dias em que a Rússia intensificou esses ataques pela Ucrânia, longe das linhas de frente, incluindo um ataque na segunda-feira que matou pelo menos 19 pessoas em um shopping.

Moscou diz que está atacando alvos militares. Kiev chama os ataques de crimes de guerra. Um general ucraniano afirmou na quinta-feira que a Rússia pode estar tentando atingir alvos militares, mas está matando civis ao disparar mísseis obsoletos e imprecisos em áreas populosas.