EUR/USD em Tendência de Alta

Na semana passada o EURUSD conseguiu superar na sexta-feira a região 1.1268, a máxima anual até o momento, e encerrou a semana em 1.1280. Na semana atual, ele abriu cerca de 10 pips abaixo do fechamento semanal, e sofreu queda no decorrer da segunda-feira, chegando a mínima 1.1234.

Na semana atual teremos notícias relevantes, com eleições no Reino Unido,e conferência de imprensa do Banco Central Europeu, com o pronunciamento de Mario Draghi, a ocorrer na quinta-feira. Dependendo o que Draghi trouxer a tona, poderemos ter uma continuação do fortalecimento do Euro, ou então seu enfraquecimento.

O EURUSD vem desde o começo do ano fazendo fundos mais altos e topos mais altos, o que caracteriza a tendência de alta no par, e até agora, nada sugere que essa tendência será alterada, já que temos certo otimismo renovado na Europa após as eleições francesas que elegeram um candidato pró-UE.

Dia 14 de junho teremos o anúncio de informações e dados sobre a política monetária norte-americana, com possível aumento de juros pelo FED, porém, os últimos dados sobre emprego, apesar de não terem vindo ruins, vieram pior que a estimativa de mercado, foi o que fez sexta-feira o EURUSD ter um rally e superar a máxima anual.

Portanto, esses dados relativamente decepcionantes, diminuíram um pouco a chance de um aumento de juros a ser anunciado pelo FOMC, ou pelo menos aumentou a chance que tenha um aumento de juros menor do que o estimado anteriormente, porém tudo isso ainda está no campo especulativo, e para sabermos ao certo, deveremos aguardar dia 14 de junho.

Será difícil que antes de um aumento de juros nos EUA, o dólar americano encontre força suficiente para que EURUSD consiga cair significativamente, pois o mercado está sendo negociado de acordo com os indicadores econômicos, e os dados dos EUA não tem surpreendido positivamente.

Analisando tecnicamente os indicadores e osciladores, vemos que a EMA10 (vermelha) está acima da EMA20 (azul) indicando tendência de alta. O MACD está maior que a linha de equilíbrio, com o histograma decrescendo, indicando que o preço poderá ter um recuo. O Estocástico está no sobrecomprado. De forma geral os indicadores e osciladores indicam tendência de alta.

Previsão do Petróleo Bruto, 05 de Junho de 2017, Análise Técnica

Petróleo Bruto WTI

O mercado do Petróleo Bruto WTI caiu, de forma significativa, durante a sessão de Sexta-feira, mas retraiu para ressaltar novamente a caminho do nível dos $48. Neste momento, nós corremos para um pouco de ruído e eu julgo que nós estamos numa conjuntura muito interessante. Se nós pudermos quebrar abaixo do nível dos $47.25, eu sinto que o mercado rumará novamente às baixas e talvez até quebrar abaixo daí. Alternativamente, se nós pudermos quebrar acima do nível dos $48.10, eu sinto que o mercado continua a rumar para o nível dos $49 acima. Eu espero ver um montante significativo de volatilidade, sobretudo porque existem tantas manchetes siferentes fora daí que poderiam mover este mercado. A OPEP tem vindo a cortar a produção, mas os mesmos não funcionaram. Devido a isto e à reacção durante o dia, eu julgo que nós estamos simplesmente a testar uma área de resistência típica e, consequentemente, eu estou bearish.

Vídeo dos Inventários do Petróleo Bruto 05.6.17.

oil-3

Brent

Os mercados do Brent também caíram durante o dia, mas depois retraíram para rumar ao nível dos $50.35. No entanto, nós sentimo-nos a partir daí e agora parece que nós vamos tentar quebrar novamente abaixo do patamar dos $50, o qual, obviamente, apresenta uma certa importância psicológica, já que corresponde a um número extenso, redondo e psicologicamente significativo. Eu também acredito que o mercado não rumará apenas e novamente ao nível dos $49, mas nós poderíamos quebrar abaixo daí. Se nós quebrámos acima do nível dos $50.50, eu julgo que, nesse momento, nós continuaremos, provavelmente, a subir um pouco mais, talvez outro dólar ou assim. De qualquer forma, eu acredito que a mais longo prazo este mercado ficará negativo e esse deveria continuar a ser o caso. A venda de rallies deveria continuar a pagar se você for suficientemente paciente.

brent-2

Mercado Diário 02/06/2017

  • O Índice do Dólar (DXY) voltou a cair com força após a liberação do Non-Farm Employment Change vir pior que a estimativa de mercado, o que refletiu no enfraquecimento do dólar perante suas rivais.
  • EURUSD subiu e fechou acima da resistência principal, nível mais alto do ano, superou o 1.1268 e encerrou o dia próximo a 1.1279.
  • GBPUSD conseguiu valorização, porém continua alinhada abaixo das médias móveis, sugerindo que poderá cair no decorrer dos próximos dias.
  • USDJPY teve forte queda e rompeu a mínima semanal, encerrando o dia na região 110.20, movimento poderá ter retração antes de uma continuação.
  • USDCHF teve forte queda após a liberação do NFP e o par rompeu o suporte 0.9670 e estendeu a queda até a região 0.9620, movimento poderá continuar até 0.9550 na próxima semana.

Mercado Diário 01/06/2017

  • O Índice do Dólar (DXY) teve uma retração na tendência de baixa e se aproximou das médias móveis, com valor de fechamento muito próximo a abertura do dia anterior. 
  • EURUSD teve queda a região 1.1250 e se aproximou de 1.12, dados positivos da economia norte-americana subiram a chance de um aumento de juros pelo FED em junho.
  • GBPUSD tem tido dias bastante voláteis, tendo caio e encerrado o dia próximo do valor de abertura, porém está alinhado abaixo das médias móveis, sugerindo que o preço poderá cair novamente. 
  • USDJPY teve correção para cima com um fortalecimento do dólar, tendência no par ainda é de baixa, porém Non-Farm nessa sexta-feira poderá continuar impulsionando o dólar. 
  • USDCHF subiu praticamente desde a abertura do mercado, tendo como suporte mais recente o 0.967, resistência no momento é 0.972, MACD sugere potencial reversão para cima.

Previsão do Petróleo Bruto, 02 de Junho de 2017, Análise Técnica

Petróleo Bruto WTI

O mercado do Petróleo Bruto WTI esteve muito calmo durante a sessão, inicialmente, na Quinta-feira, mas depois caiu novamente, já que nós continuamos a ver pressão bearish a surgir, de tempos a tempos. O mercado tentou depois fazer um rally várias horas seguidas e, como eu escrevi antes, o mercado fez basicamente uma vela neutra. Isso não constitui grande surpresa, considerando que os números do emprego sai hoje e isso, obviamente, produz um efeito em todos os mercados. No entanto, no geral, os mercados do petróleo bruto são, razoavelmente, suaves e eu acredito que os rallies deveriam oferecer uma oportunidade de venda a caminho do nível dos $50 acima. Os sinais de exaustão entre os níveis actuais e os $50 deveriam oferecer oportunidades de venda, à medida que nós continuamos a ver algum ruído, num sentido bearish, no que diz respeito aos mercados da energia, não apenas aqui, mas também no gás natural.

oil

Brent

Os mercados do Brent tentaram fazer um rally, após também terem caído inicialmente, mas deveriam entrar num pouco de resistência. Os números do emprego terão influência em todos os mercados e na assunção de risco, mas, muito francamente, eu sinto que, de cada vez que os mercados fazem um rally, no que diz respeito ao petróleo, tal deveria constituir uma oportunidade de venda, antes de tudo ser dito e feito. Não será até nós quebrarmos acima do nível dos $52.50 que eu ficaria convenciado de que a compra poderia ser efectuada, numa mudança mais extensa e, como tal, muito francamente, eu acredito que os rallies são para serem olhados com suspeita, no mínimo. Uma quebra abaixo do nível dos $50 seria muito negativo e deveria enviar este mercado para níveis muito inferiores, talvez tão baixo como os $47 a mais longo prazo. De qualquer forma, e a curto prazo, eu não tenho qualquer interesse em comprar este mercado.

brent

Previsão do Petróleo Bruto, 01 de Junho de 2017, Análise Técnica

Petróleo Bruto WTI

O mercado do Petróleo Bruto WTI também caiu, não deslizando apenas mais abaixo, mas quebrando abaixo da barreira de suporte psicologicamente significativa, no nível dos $48.50.  Ao fazê-lo, parece que o mercado tentará quebrar rumo ao nível dos $45, a mais longo prazo, e eu acredito que este mercado continua a oferecer oportunidades de venda sobre sinais de exaustão. Os rallies são vistos como oportunidades de venda, pelo menos, até nós podermos quebrar acima do nível dos $50, algo que não parece muito provável que aconteça. Eu acredito que o mercado não mais se preocupará com os cortes da produção da OPEP e acredito que os EUA e o Canadá entrarão em acção e preencherão o vazio. Devido a isto, eu acredito que os mercados do petróleo continuarão a corresponder a um mercado muito negativo ao longo da maior parte do Verão.

oil

Brent

O mercado do Petróleo Bruto tentou inicialmente falhar mais acima, mas correu rumo a uma resistência significativa e desintegrou-se. Ao cair abaixo do nível dos $51, parece que os mercados do Brent tentarão, provavelmente, rumar ao nível subjacente dos $50. Os rallies continuam a oferecer oportunidades de venda e eu acredito que os sinais de exaustão continuarão a atrair mais volume. Se nós conseguirmos quebrar abaixo do nível dos $50, o mercado continuará a cair significativamente. A compra é impossível, pelo menos, até nós podermos quebrar acima do nível dos $52.50, significando que eu acredito que este mercado continua a lutar já que os mercados WTI estão a desmoronar-se juntamente com este tipo de petróleo. Eu não tenho qualquer interesse em comprar até nós podermos quebrar acima dessa resistência, significando que é provável que nós vamos continuar a ver rallies agitados e negativos dos quais retirar vantagem.

brent

Mercado Diário 31/05/2017

  • O Índice do Dólar (DXY) continuou a tendência de baixa e se aproximou da região de suporte 96.81, um fechamento abaixo desse valor poderá levar índice a estender baixa.
  • EURUSD superou a máxima da semana atual e se aproximou da zona de resistência 1.1250, região poderá limitar movimento, porém deveremos aguardar as notícias do emprego nos EUA.
  • GBPUSD teve queda logo na abertura do dia e conseguiu reverter o movimento no decorrer do dia, região 1.29 funciona como resistência e preço poderá voltar a cair.
  • USDJPY continuou em tendência de queda, teve topo mais baixo e fundo mais baixo, porém encerrou o dia próximo ao valor de abertura, sugerindo indecisão no mercado.
  • USDCHF estendeu a queda e conseguiu romper a área de suporte 0.97, encerrando o dia próximo a 0.9677, o que trás um viés de baixa no par.