Mercado Diário – 24/01/2018

  • O Índice do Dólar (DXY) continuou a tendência de baixa com o dólar se enfraquecendo perante suas principais rivais e testando a região de suporte 90.00 no índice.
  • EURUSD subiu no decorrer do dia e se aproximou da área 1.23, teremos anúncio de política monetária do BCE quinta-feira, quando a chance de superação da região poderá aumentar.
  • GBPUSD teve um mergulho mas acabou voltando a subir e encerrou o dia próximo a 1.40, par busca força na Libra para superação da região.
  • USDJPY subiu e encontrou resistência ,a área superior a 111, onde vendedores limitaram a alta e levaram a cotação de volta a mínima da semana passada.
  • USDCHF seguiu a correlação com o euro e o preço caiu, a baixa poderá ter correção para cima até quinta-feira.
  • BTCUSD no início do dia teve queda mas acabou encontrando demanda abaixo de $10.000 e encerrou o dia acima da região.

EUR/USD Poderá Continuar Movimento Altista

O EURUSD iniciou o ano de 2018 dando continuação no movimento de alta que vem ocorrendo desde o início de 2017, e o preço se encontra em uma região próxima a máxima atingida nesse período, sendo que o preço está no nível mais alto desde dezembro de 2014, quando naquele momento o movimento era descendente, com o vindo de uma queda da região em torno de 1.25.

O Euro tem demonstrado bastante resiliência, e não tem oferecido alivio para o dólar dos Estados Unidos, a cotação superou a última resistência mais significativa em torno de 1.21, e está tentando superar a área 1.23, neste momento essa região ainda se comporta como resistência forte, com o preço não conseguindo permanecer muito tempo acima, porém na semana atual, na quinta-feira teremos um evento econômico de grande relevância, que é a decisão de taxa de juros para a Europa e a conferência de imprensa do Banco Central Europeu.

Sobre o juros, ninguém espera um aumento, ou pelo menos as chances de ocorrerem agora são muito remotas, de outro lado, o que pode ser dito na conferência de imprensa, isso sim poderá determinar os próximos movimentos no EURUSD, já que após essa última apreciação do euro, caso tenhamos algum comentário negativo em relação a força da moeda comum, isso poderia causar um rearranjo nas expectativas dos negociantes.

Não me parece provável que o par supere com convicção a região 1.23 antes de quinta-feira, já que investidores deverão aguardar a fala de Mario Draghi, para poderem ter uma visão mais abrangente de quais, como e que ritmo serão dados pelo Banco Central Europeu em sua política monetária. Portanto, é possível que o nível em torno de 1.23 consiga barrar os avanços dos compradores, e na região de baixo, temos como suporte a área 1.2210, pelo menos até as notícias supracitadas ocorrerem.

Observando o gráfico diário do EURUSD, vemos que a EMA10 (vermelha) está acima da EMA20 (azul) indicando a tendência de alta no par, o MACD está maior que a linha de equilíbrio, também indicando a forte presença de compradores, e o Estocástico está vindo de um cruzamento de cima para baixo, tendo sido liberado da condição de sobrecompra. Portanto de forma geral os indicativos são de potencial continuação da alta, com mergulhos no preço até a região 1.2210 podendo representar boa oportunidade de compra.

Veja o gráfico diário do EURUSD:

EUR/USD Poderá Continuar Movimento Altista
EUR/USD Poderá Continuar Movimento Altista

Comprando na Imersão: É o momento certo para comprar Bitcoin e Criptomoedas?

O ano passado proporcionou aos investidores de criptomoedas retornos exponenciais, com a conversa sobre as bolhas fazendo pouco para impedir o ingresso de dinheiro do investidor ao longo do ano. O limite de mercado total do mercado cripto atravessou a marca de US$ 800 bilhões na primeira semana de janeiro, antes que as falas sobre a correção verificassem que o limite de mercado desistiria de mais de US$ 300 bilhões em 2018 baixando para US$ 428 bilhões, alterações em 17 de janeiro.

Acrescentando ao fascínio dos criptomercados o fato de que a Bitcoin não mais domina o espaço, com o mercado do Bitcoin atingindo 86% no início do ano passado para 34% no final de sexta-feira.

Com mais de 1.300 criptomoedas para escolher, a compra nos mergulhos pode não ser para um coração fraco, mas dá as recompensas que são justificáveis ​​quando se considera os riscos envolvidos.

Saber quando saltar de volta e ser capaz de sentar-se até o tobogã chegar ao fim é certamente vital e evidente que é melhor comprar na alta do que na baixa. Também vale a pena considerar qual das criptomoedas viu as perdas mais pesadas, já que é provável que verifiquem um aumento mais significativo após o acidente. Contudo, esse processo requer algum cuidado. Ao olhar para a lista de criptomoedas, seria sábio selecionar moedas provenientes de um projeto ou empresa que tenha um futuro promissor e já tenha feito algumas incursões na entrega de sua tecnologia blockchain para o mercado.

Os movimentos da semana passada foram consideráveis. O Bitcoin recuperou 36% de um valor de US$ 9.222 para US$ 12.533 em 2018 até o momento da redação, enquanto Ripple e Stellar Lumens viram recuperações mais espetaculares, com ganhos de valor atual de 76,4% e 72,6%, respectivamente. Os movimentos foram mais parecidos com um acidente do que uma correção, o que se refletiu no fato de que muitas das criptomoedas principais foram recuperadas aos níveis anteriores ao Crash Quarta-feira. Uma correção teria deixado as criptomoedas próximas aos mínimos de quarta-feira.

A boa notícia para os investidores que procuram entrar no mercado cripto é o fato de que muitos das criptos ainda estão bem abaixo dos respectivos máximos de todos os tempos.

Apesar do alívio do rali da Ripple na semana passada, a Ripple ainda está abaixo de 53,8% de seu máximo histórico até o momento da redação, com o Bitcoin diminuindo em mais de 35%, o que significa que pode haver mais vantagem no horizonte. O limite de mercado total foi recuperado para US$ 637 bilhões, o que ainda está bem abaixo dos níveis de pré-colisão, com os investidores ainda sentindo.

Os investidores correram para as colinas com medo do estouro da bolha de criptomoedas. O que o mercado demonstrou é a resiliência e, à medida que a poeira abaixa das ameaças do governo sul-coreano de fechar as casas de câmbio de criptomoedas do país, é provável que o dinheiro dos investidores volte. Afinal, é significativamente mais difícil fazer ganhos semelhantes nas classes de ativos mais maduras.

Para os investidores que entram na briga, é um mundo agitado lá fora e exige uma cabeça fria.

As cabeças mais frias o mantiveram juntos na semana passada, o que proporcionou suporte significativo para as criptomoedas quando era necessário. Mercados voláteis e agitados estão criando traders experientes de outras classes de ativos. Comprar nos mergulhos é um jogo lucrativo se for feito com calma e corretamente.

Para atender ao aumento do apetite para a negociação de criptomoedas, o número de plataformas de negociação tem aumentado e também suporta o operações em CFD de criptomoedas, que é uma alternativa popular para manter a criptomoeda real, com comerciantes capazes de negociar na margem, aumentando os retornos com o uso de alavancagem.

O SimpleFX é uma dessas plataformas que desenvolve sua oferta para incluir operações em criptomoedas.

Quando perguntado o que o ano que vem espera para a SimpleFX e seus clientes de criptomoedas, a SimpleFX respondeu: “Definitivamente, continuaremos desenvolvendo nossa oferta, mantendo tudo simples. A próxima etapa em nossa agenda será lançar uma plataforma de negociação completamente nova para desktops. Este será um ano cheio de eventos para as criptomoedas. Independentemente de como a situação vai se desenrolar, estaremos lá para ajudá-lo a capitalizar as oportunidades de negociação que definitivamente aparecerão”.

Mercado Diário – 23/01/2018

  • O Índice do Dólar (DXY) está em queda e encontra dificuldades em achar suporte, preço poderá testar novamente a mínima da semana passada.
  • EURUSD abriu a semana com uma lacuna de alta, caiu no decorrer do dia e encontrou suporte na área da mínima de sexta, fazendo o preço fechar o dia perto da abertura.
  • GBPUSD continua sua subida rumo ao teste de 1.40, região poderá oferecer resistência numa primeira tentativa de superação e preço poderá sofrer retração.
  • USDJPY subiu na abertura da semana, mas está encontrando resistência acima de 111, preço poderá tentar uma correção maior, porém tendência ainda é de baixa.
  • USDCHF encerrou o dia com um doji, tendo permanecido dentro do intervalo de negociação de sexta-feira, par pode cair mais nas próximas sessões.
  • BTCUSD está em baixa, demanda está fraca e preço vem lentamente caindo, ativo está testando região de suporte $ 10.000.

Previsão do Preço do Ouro para 23 de Janeiro de 2018

Os preços do ouro testaram suporte a curto prazo perto da média de mudança de 10 dias em 1.329 e conseguiram saltar como foco do negociador sobre os movimentos do dólar, para ver se a recente fraqueza do dólar se perpetua. Um dólar mais baixo fará flutuar os preços do ouro, ajudando o teste da resistência do metal dourado perto das elevações de Janeiro em 1.344.  O próximo nível alvo de resistência sobre os preços do ouro corresponderiam às elevações de Setembro em 1.352.  Uma pausa abaixo da média de mudança de 10 dias levaria a suporte perto das baixas de Janeiro em 1.308.  Um fecho abaixo deste nível conduziria a um teste de uma linha de tendência inclinada descendente perto de 1.285.

O impulso tornou-se negativo à medida que o índice MACD (média de mudança convergência divergência) gerou um sinal de venda cruzada. Isto ocorre quando a linha MACD (a média de mudança a 12 dias menos a média de mudança de 26 dias) cruza abaixo da linha do sinal MACD (média de mudança de 9 dias da linha MACD). O histograma MACD está a imprimir perto do nível índice zero com uma trajetória de nivelamento que poderia prenunciar consolidação. O índice de força relativa (RSI) está se movendo para o lado, o que reflete a força de desaceleração. A leitura actual do RSI está nos 65 anos, que está na extremidade superior do intervalo neutro, mas bem fora dos níveis de sobrecompra vistos mais cedo em Janeiro.

O Dólar é o Foco

A primeira reunião do FOMC de 2018 está no horizonte, 30, 31 de Janeiro, mas não se esperam alterações. Esta será a última reunião presidida pela Sra. Yellen, enquanto incluirá a rotação da nova votação com Williams, Mester, Bostic e Barkin. Enquanto isso, o mercado ainda está esperando que o Senado confirme Jay Powell como o novo Presidente da Fed. Verificou-se na semana passada que SF Fed’s Williams está sendo considerado para o lugar de Vice-Presidente, o que poderia ajudar a cimentar a mordomia Fed.

O Senado Concordou com uma Resolução Contínua

O foco imediato estava no governo dos EUA que passou a desligamento parcial no sábado já que o Senado não conseguiu aprovar uma resolução contínua. Na Segunda-feira, as cabeças da Maioria e da Minoria anunciaram um acordo. Os serviços essenciais do governo permaneceram abertos. Esta situação não é nada nova, com a última ocorrência em 2013, e não há nenhum impacto significativo sobre a economia.

Mercado Diário – 20/01/2018

  • O Índice do Dólar (DXY) está buscando suporte na região 90, e poderá estender a correção antes de retomada da tendência de baixa.
  • EURUSD tentou se manter em alta mas na sexta-feira acabou encontrando resistência na região 1.23 que fez o preço cair, retração poderá ser maior.
  • GBPUSD não conseguiu encontrar força para superar a área 1.395 e caiu da região, momento está estendido e poderá corrigir mais antes de novo impulso bullish.
  • USDJPY teve continuação da tendência, porém não conseguiu testar a mínima da semana, tendência é de baixa e região 111.50 a 112 poderá atrair vendedores.
  • USDCHF testou a região 0.857 e foi negociado abaixo desse valor, região ofereceu suporte e dia encerrou com um martelo, vela sugere força dos compradores.
  • BTCUSD está encontrando dificuldades em retomar alta, e momento no ativo é de baixa, preço poderá voltar a cair na semana que iniciará.

Previsão do Preço do Ouro para 22 de Janeiro de 2018

Os preços do ouro recuperaram perto do suporte para a média de mudança de 10 dias em 1.327.  A resistência do alvo do metal dourado é vista perto sas elevações de Setembro em 1.352.  O dólar manteve ganhos hoje e os preços suaves do produtor Alemão macio pesavam sobre a moeda Europeia.  O impulso é neutro, à medida que o histograma MACD (média de mudança convergência divergência) imprime perto do nível zero do índice com uma trajetória plana que reflete consolidação.

Preços do Produtor Alemão Baixaram

A Inflação dos preços do produtor alemão caíram de volta a 2,3%, ano após ano, em Dezembro a partir de 2,5%, ano após ano, no mês anterior, com preços até 0,2%, mês após mês. Os efeitos de base dos bens essenciais e itens de bens não-duráveis constituíram os principais factores de condução por detrás da desaceleração da taxa anual, com a inflação dos preços da energia a acelerarem verdadeira e ligeiramente para 3,1%, ano após ano, a partir de 3.0%, ano após ano, no mês anterior.

 

Análise do Preço do Ouro de 19 de Janeiro de 2018

Os preços do ouro consolidaram, mas tiveram uma baixa inferior perto do suporte para a média de mudança de 10 dias em 1.326. Um dólar mais fraco após os dados suaves da habitação dos E.U.A pesou sobre o dólar e impulsionouo os preços do ouro.  A resistência do metal dourado é vista perto das elevações de Setembro em 1.352.  Um impulso positivo tem diminuído e o MACD está preparado para gerar um sinal de venda cruzada. Isto ocorre quando a linha MACD (a média de mudança a 12 dias menos a média de mudança de 26 dias) cruza abaixo da linha do sinal MACD (média de mudança de 9 dias da linha MACD).

Novas Habitações Caem

As novas casas dos E.U.A. caíram 8,2% para 1,192 milhões em dezembro, após o aumento de 3,0% de novembro para 1,299 milhões. As vendas de casas unifamiliares afundaram 11,8% para 0,836 milhões após o prévio ganho  de 6,9% para 0,948 milhões. Os inícios de casas plurifamiliares aumentaram 1,4% para 0,356 milhões após tombarem 6,1% para 0,351 milhões. As licenças de construção mergulharam 0,1% para 1,302 milhões após um declínio de 1.0% revisto para 1,303 milhões. As conclusões recuperou 2,2% para 1,177 milhões após uma queda de 2,7% de novembro para 1,152 milhões.

Mercado Diário – 19/01/2018

  • O Índice do Dólar (DXY) voltou a cair com o dólar não conseguindo estender o movimento de correção, tendência continua sendo de desvalorização do dólar.
  • EURUSD subiu tendo feito suporte intradiário na região 1.216, preço conseguiu retornar acima de 1.22 e encerrou o dia próximo a 1.2236.
  • GBPUSD subiu mais, com o preço estendendo o movimento bullish, mercado busca força para superar a região 1.39 e potencialmente testar a área 1.40.
  • USDJPY encerrou o dia em baixa com uma vela sugestiva de possível queda, o “hanging man”, logo, o mercado poderá cair mais e testar a região 110.7.
  • USDCHF caiu novamente e voltou a ser negociado próximo ao suporte da mínima da semana atual, preço poderá cair mais no caso de romper a região 0.957.
  • BTCUSD em tendência de baixa está encontrando dificuldade em retomar alta, mercado poderá cair mais e fechamento abaixo de $10.000 poderá acelerar a queda.

Mercado Diário – 18/01/2018

  • O Índice do Dólar (DXY) subiu e inicia uma retração na tendência de baixa, índice poderá subir mais antes de retomada bearish.
  • EURUSD encerrou o dia em queda, testando a região citada no informativo de ontem, o 1.22, preço poderá cair mais antes de retomada dos touros.
  • GBPUSD subiu e poderá ter teste da máxima anterior na região 1.394, momento no cable é de forte alta, suporte mais próximo 1.38.
  • USDJPY teve alta e voltou a ser negociado acima de 111, preço poderá subir mais antes de desafiar a área 110.0 novamente.
  • USDCHF subiu e fechou dia em alta, mas não conseguiu superar a região da máxima do dia anterior em 0.967, essa é a resistência mais próxima e poderá ser testada hoje.
  • BTCUSD conseguiu interrupção na baixa e conseguiu encerrar o dia acima de $10.000, um fechamento abaixo desse valor poderá levar a um movimento maior.