Rede D’Or precifica oferta de ações a R$71 cada

Por Paula Arend Laier

Do total de recursos da oferta primária, 888,9 milhões de reais serão destinados ao capital social e 888,9 milhões de reais serão destinados à reserva de capital, passando, portanto, o capital social da companhia para 7,57 bilhões de reais.

A oferta consistiu na distribuição primária de 25.040.000 ações ordinárias, além da venda de 43.820.000 papéis por acionistas, incluindo a empresa de private equity Carlyle. A quantidade de ações inicialmente ofertada foi, a critério dos acionistas vendedores, acrescida em 10%.

Embaixada da China nos EUA diz que politizar origem da Covid-19 prejudica investigações

Por David Stanway

A embaixada de Washington disse em um comunicado publicado em seu site na noite de quarta-feira que “algumas forças políticas se fixam na manipulação política e na atribuição de culpa”.

Agora que a Organização Mundial da Saúde (OMS) se prepara para iniciar uma segunda fase de estudos sobre a origem da Covid-19, a China é pressionada a conceder mais acesso a investigadores em meio a alegações de que o Sars-CoV-2 vazou de um laboratório da cidade de Wuhan especializado em pesquisas de coronavírus.

A China insiste em negar que o laboratório foi responsável, dizendo que os EUA e outros países estão tentando desviar a atenção de seus próprios fracassos para conter o vírus.

Ainda na quarta-feira, Biden disse que agências de inteligência dos EUA estão divididas ao questionarem se a Covid-19 “emergiu de um contato humano com um animal infectado ou um acidente de laboratório”.

Yanzhong Huang, pesquisador sênior de saúde global do Conselho de Relações Exteriores de Washington, disse que a falta de abertura da China é um grande fator por trás do ressurgimento da tese de vazamento de laboratório.

“Não há nada realmente novo ali para provar a hipótese”, disse. “Na investigação das origens da pandemia, é realmente importante ter transparência e ordem para criar confiança nos resultados da investigação”.

(Por Andrew Galbraith e David Stanway)

((Tradução Redação Rio de Janeiro; 55 21 2223-7128))

REUTERS PF

Conmebol pede que Argentina sedie Copa América sozinha

O torneio de 13 de junho a 10 de julho, adiado em um ano pela pandemia de Covid-19, deveria ter duas sedes pela primeira vez em seus 105 anos de história, dividindo partidas entre a Colômbia e a Argentina.

A Conmebol, entidade que organiza o futebol sul-americano, já havia decidido transferir jogos de competições continentais de clubes para fora da Colômbia devido aos protestos, depois que jogadores foram afetados por gás lacrimogêneo lançado do lado de fora dos estádios.

Na noite de quarta-feira, a Conmebol confirmou que abordou a Argentina a respeito da realização de todos os 28 jogos da Copa América, que envolve 10 nações sul-americanas, e disse que está esperando a aprovação das autoridades de saúde pública argentinas.

“O governo argentino apresentou à Conmebol um protocolo rígido para a Copa América 2021 ser realizada no país”, disse a Conmebol em um comunicado depois de um encontro entre o presidente da Argentina, Alberto Fernández, e o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez.

A entidade acrescentou que a proposta “continuará sob estudo rigoroso” de autoridades do Ministério da Saúde argentino.

Mais cedo na quarta-feira, uma autoridade graduada do governo argentino confirmou a oferta e disse que a logística da proposta está sendo estudada, particularmente os locais das partidas.

(Por Ramiro Scandolo, em Buenos Aires, e Daniela DeSantis, em Assunção)

Em alta, negócios de energia solar no Brasil já têm até troca de painéis por safra

Por Luciano Costa

As permutas, comuns no setor rural, onde são conhecidas como “barter” e envolvem a entrega de produtos por agricultores em troca de insumos como defensivos agrícolas, passaram a ser oferecidas nos últimos meses na indústria solar do país, disse à Reuters o presidente da distribuidora de equipamentos Sunny Store, Hugo Albuquerque.

“O cliente consegue pagar o equipamento com três ou quatro safras, essa é a moeda dele. Essa é uma modalidade que tem surgido a partir deste ano”.

“Vamos dar a ele (produtor rural) a possibilidade de pagar com a safra, porque essa é a linguagem que o agricultor fala”, acrescentou o executivo, que vê grande potencial para a geração fotovoltaica no campo reduzir custos de irrigação, por exemplo.

Ele disse que a Sunny Store fechou parceria com um fundo de investimento que permitirá atender uma demanda total de 2 bilhões de reais no setor agrícola.

“Isso para projetos grandes, para irrigantes, silos, grandes agricultores que têm indústria de transformação nas fazendas”, detalhou Albuquerque, que antes foi executivo das fornecedoras de painéis Canadian Solar e Kyocera no Brasil.

O novo modelo de vendas chega em meio a um salto principalmente nas instalações solares de pequeno porte, conhecidas como geração distribuída (GD), que geralmente envolvem placas em telhados e cresceram mais em 2020 do que qualquer outra fonte de energia no país, superando o ritmo de grandes usinas eólicas e térmicas.

A consultoria especializada Greener estimou que a instalação desses sistemas solares menores movimenta cerca de 14,7 mil empresas em território nacional, conhecidas como integradoras, segundo relatório do segundo semestre de 2020.

Albuquerque disse que a Sunny Store está de olho nesse mercado não só por meio de vendas de equipamentos, mas também com a oferta de outros serviços aos clientes, como conteúdos educacionais e acesso a crédito.

O presidente da Sunny Store revelou que tem parcerias com grupos como Santander, BV e Losango para garantir financiamentos a clientes na compra de produtos solares, além de oferecer outras opções de crédito.

A empresa disponibiliza em seu site conteúdos educativos sobre o setor solar para apoiar técnicos que atuam com instalações. O conteúdo será em breve oferecido também por meio de aplicativos de celular.

MARKETPLACE E MAIS

O aquecimento no mercado de sistemas fotovoltaicos para residências e empresas guiou também a criação da 77Sol, que se define como “fintech de energia”, ou “energytech”, e mira a oferta de equipamentos e soluções comerciais, de financiamento e de engenharia para integradores e profissionais do setor solar.

A plataforma digital, que funciona como um “marketplace” com serviços agregados, promete apoiar principalmente pequenos negócios, uma vez que a forte expansão da geração solar distribuída no Brasil passou a ser vista por muitos como oportunidade de empreender em meio à crise gerada pela pandemia.

“Estamos investindo em mudar a matriz elétrica do Brasil, e também ajudando a gerar renda para quem está desempregado”, disse à Reuters o empresário Sylvio de Barros, fundador da WebMotors e da startup ZFlow, que fechou acordo para realizar aportes de 100 milhões de reais na 77Sol em cinco anos.

“A 77Sol nasceu para trazer profissionalização a esse mercado, essas empresas pequenas, que não têm capacidade de engenharia, ferramentas comerciais, estrutura para acessar o mercado financeiro. A plataforma entrega tudo isso, para que elas possam se tornar grandes companhias de energia”, disse o sócio da empresa Rodrigo Pedroso.

O presidente da 77Sol, Luca Milani, que também é piloto de automobilismo, disse que a plataforma tem fornecido cotações de equipamentos para usuários que têm potencial de gerar até 200 milhões de reais em vendas por mês.

O Brasil deve receber neste ano investimentos de cerca de 22,6 bilhões de reais em energia solar, sendo 17 bilhões em sistemas de menor porte, de geração distribuída, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar (Absolar). Em 2020, o país ficou em nono lugar em um ranking global de expansão da capacidade solar, com 3,15 gigawatts adicionados.

(Por Luciano Costa; edição de Roberto Samora)

Dólar tem leve queda contra real antes de dados dos EUA

Por Luana Maria Benedito

Às 9:09, o dólar recuava 0,16%, a 5,3042 reais na venda. O dólar futuro negociado na B3 tinha baixa de 0,20%, a 5,3045 reais.

Na véspera, a moeda norte-americana spot fecou em queda de 0,48%, a 5,3127 reais na venda.

O Banco Central fará neste pregão leilão de swap tradicional para rolagem de até 15 mil contratos com vencimento em novembro de 2021 e março de 2022.

Bolsonaro diz que caos e pânico são promovidos por quem quer voltar ao poder

Por Lisandra Paraguassu

“Sabemos que não há muito o que comemorar, mas é preciso restabelecer a verdade do que foi e está sendo feito na prática, para que o pânico e o caos promovido pelos que desejam retomar o poder e suas práticas nefastas não triunfem”, escreveu Bolsonaro no Twitter, ao comemorar a criação de empregos este ano no país, apesar da pandemia.

O presidente voltou a repetir um mantra da equipe econômica, de que o Brasil foi um dos países que teve menor queda da atividade econômica em 2020. Apesar de ter encolhido apenas 4,4%, quando as projeções apontavam para uma queda do Produto Interno Bruto de até 10%, foi o pior número desde a década de 1990 e veio na sequência de crescimentos pífios por três anos.

“Sempre existiram dois desafios: o vírus e a economia. E apesar da mídia e da esquerda terem negado esse e outros fatos, adotando um discurso pseudocientífico para disfarçar a demagógica politização do vírus, nós priorizamos ambas as questões. Afinal, não há saúde na miséria”, escreveu Bolsonaro.

O presidente voltou a dizer que o Brasil é um dos países que mais vacina no mundo e deve chegar em breve a 100 milhões de doses distribuídas. Bolsonaro usa o número bruto de vacinas, o que colocaria o país em terceiro no ranking de vacinação.

No entanto, na proporção de população vacinada, o país cai para 12º quando se leva em conta a proporção de pessoas que receberam ao menos um dose de vacina, com 20,09% da população, de acordo com o site Our World in Data.

Representante comercial diz que EUA enfrentam “desafios muito grandes” em relação a China

Por David Lawder e Andrea Shalal

Tai conversou com a Reuters em uma entrevista antes de sua primeira ligação virtual com o vice-premiê chinês, Liu He, numa reunião em que ela levantou “questões preocupantes”, segundo seu gabinete.

“Durante sua conversa franca, a embaixadora Tai discutiu os princípios orientadores da política comercial centrada no trabalhador do governo Biden-Harris e sua revisão contínua da relação comercial EUA-China, ao mesmo tempo que levantou questões preocupantes”, disse o Escritório do Representante Comercial dos EUA (USTR, na sigla em inglês).

O Ministério do Comércio da China descreveu as negociações como “uma troca franca, pragmática e construtiva”.

“Ambos os lados consideram o desenvolvimento do comércio bilateral muito importante. (Ambos os lados) trocaram opiniões sobre questões de interesse mútuo e concordaram em manter a comunicação.”

Índia abre mão de testes locais de vacinas estrangeiras contra Covid para ampliar imunização

Por Neha Arora e Sachin Ravikumar

A Índia registrou este mês o maior número de mortes por Covid-19 desde o início da pandemia no ano passado, respondendo por pouco mais de um terço do total geral.

Apenas cerca de 3% dos 1,3 bilhão de habitantes do país foram totalmente vacinados, a taxa mais baixa entre os 10 países com mais casos no mundo.

A decisão desta quinta-feira permitirá a importação de vacinas desenvolvidas por Pfizer, Johnson & Johnson e Moderna, com as quais a Índia tem mantido negociações com pouco sucesso.

O governo do primeiro-ministro Narendra Modi tem enfrentado crescentes críticas por não ter conseguido vacinas para seu povo, enquanto uma segunda onda devastadora atinge o imenso interior do país.

“Isso é falha de governança, já que a Índia é um dos maiores produtores de vacinas”, escreveu Kaushik Basu, ex-assessor econômico do governo, no Twitter. “Bons dias virão, mas o lapso da vacina será lembrado.”

A Índia tem inoculado seu povo com a vacina da AstraZeneca produzida localmente no Instituto Serum e com a Covaxin, feita pela empresa local Bharat Biotech, e também começou a usar a Sputnik V, da Rússia.

Mas os suprimentos estão muito aquém dos milhões de doses de que o segundo país mais populoso do mundo precisa.

No mês passado, a Índia se comprometeu a acelerar as aprovações para vacinas estrangeiras, mas sua insistência em testes locais era um dos principais motivos para as discussões paralisadas com a Pfizer.

“A disposição agora foi alterada para dispensar a exigência de teste para as vacinas bem estabelecidas fabricadas em outros países”, disse o governo em comunicado.

Não houve resposta imediata da Pfizer, Moderna ou Johnson & Johnson aos pedidos de comentários da Reuters.

O país relatou 211.298 novas infecções na quinta-feira, ainda o maior aumento diário do mundo, mas quase metade das infecções diárias registradas no início deste mês.

O total de casos está agora em 27,37 milhões, enquanto as mortes estão em 315.235, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

Especialistas acreditam que esse número subestima grosseiramente o número real de vítimas, já que apenas as pessoas com teste positivo são contadas, enquanto muitas vítimas nunca foram testadas.

Petrobras realiza parada programada na refinaria Rnest entre junho e agosto

A refinaria tem capacidade para processar 230 mil barris de petróleo por dia, segundo dados da petroleira.

As unidades de Destilação, Coqueamento Retardado, Hidrotratamento de Diesel e Nafta, Geração de Hidrogênio e de Tratamentos serão inspecionadas conforme estabelece a regulação e cada uma terá seu prazo específico de manutenção, de acordo com a complexidade e quantidade de serviços, disse a empresa.

Haverá também parada parcial nos equipamentos das áreas de Utilidades e de Transferência e Estocagem.

“A Rnest contará com empresas contratadas para atendimento ao escopo da parada, trabalhando em dois turnos, para manutenção de aproximadamente 1.200 equipamentos e sistemas, entre permutadores de calor, torres, vasos, máquinas rotativas, tubulações, entre outros”, disse a empresa.

A petroleira informou ainda que realiza também paradas em unidades na Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), que serão concluídas ao longo de junho.

Nesse caso da Repar, a parada da Unidade de Propeno teve seu início em 12 de abril, conforme programação anterior. Já as paradas das unidades de Craqueamento Catalítico Fluido e Hidrodessulfurização de Nafta Craqueada foram reprogramadas, tendo sido iniciadas em 26 de abril.

A Repar tem capacidade para processar 207.563 barris por dia.

(Por Marta Nogueira)