Cientistas contam espécies de árvores e mais de 40% estão na América do Sul

Por Will Dunham

WASHINGTON (Reuters) – Da araucária na América do Sul ao eucalipto azul da Tasmânia na Austrália, dos baobás de Madagascar até sequoias gigantes da Califórnia, o mundo é abençoado com uma abundância de espécies de árvores. Quantas? Um novo estudo tem a resposta.

Pesquisadores revelaram nesta segunda-feira a maior base de dados florestais do mundo, compreendendo mais de 44 milhões de árvores individuais em mais de 100.000 locais em 90 países –ajudando-os a calcular que a Terra possui cerca de 73.300 espécies de árvores.

Esse número é 14% maior do que as estimativas anteriores. Desse total, estima-se, com base em modelos estatísticos, que existam cerca de 9.200 que ainda não foram identificadas pela ciência, com uma grande proporção delas na América do Sul, disseram os pesquisadores.

A América do Sul, que abriga a floresta amazônica de enorme biodiversidade e as vastas florestas andinas, abriga 43% das espécies de árvores do planeta e o maior número de espécies raras, cerca de 8.200.

Árvores e florestas são muito mais do que meras produtoras de oxigênio, afirmou Roberto Cazzolla Gatti, professor de diversidade biológica e conservação da Universidade de Bolonha, na Itália, e principal autor do estudo publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

“Sem árvores e florestas, não teríamos água limpa, encostas de montanha seguras, habitat para muitos animais, fungos e outras plantas, os ecossistemas terrestres mais biodiversos, sumidouros para nosso excesso de dióxido de carbono, depuradores de nosso ar poluído, etc”, disse Gatti.

“De fato, nossa sociedade muitas vezes considera as florestas apenas pedaços de madeira e as árvores como recursos naturais, ignorando seu papel fundamental para a humanidade na prestação de serviços ecossistêmicos que vão além da mera produção econômica –ainda que importante– de madeira, papel e celulose. Das florestas a humanidade obtêm inspiração, relaxamento, espiritualidade e essencialmente o sentido da vida”, acrescentou Gatti.

A América do Sul tem cerca de 27.000 espécies de árvores conhecidas e 4.000 ainda não identificadas. A Eurásia conta com 14.000 espécies conhecidas e 2.000 desconhecidas, seguidas pela África (10.000 conhecidas/1.000 desconhecidas), América do Norte incluindo América Central (9.000 conhecidas/2.000 desconhecidas) e Oceania incluindo Austrália (7.000 conhecidas/2.000 desconhecidas).

“Ao estabelecer uma referência quantitativa, nosso estudo pode contribuir para os esforços de conservação de árvores e florestas”, disse o coautor do estudo, Peter Reich, ecologista florestal da Universidade de Michigan e da Universidade de Minnesota.

Sony anuncia compra da produtora de “Destiny” por US$3,6 bilhões

Por Nivedita Balu e Tiyashi Datta

BENGALURU, Índia (Reuters) – A Sony anunciou nesta segunda-feira a compra da produtora de videogames Bungie, criadora das franquias “Halo” e “Destiny”, em um acordo avaliado em 3,6 bilhões de dólares que ocorre dias após a Microsoft fazer oferta para a aquisição da Activision Blizzard por 69 bilhões de dólares.

A Bungie vai se juntar à família PlayStation, afirmou a Sony em comunicado.

“Apesar desta ser uma das maiores aquisições já realizadas pela Sony, o total a ser pago pela Microsoft coloca em evidência o tamanho da competição vivida pelo setor”, afirmou Piers Harding-Rolls, analista da Ampere Analysis.

A Bungie, que já foi controlada pela Microsoft antes de ter seu capital fechado em 2007, trabalhou na franquia “Halo” quando ainda estava sob o comando da gigante do software. A produtora também trabalhou em títulos que incluem “Marathon” e “Myth”.

A Bungie agora planeja contratar mais pessoal para desenvolver “Destiny 2”, franquia que anteriormente era distribuída pela Activision Blizzard.

Além das duas transações outro grande negócio ocorrido neste mês foi a aquisição da Zynga, produtora de “FarmVille”, pela Take-Two, responsável pela série de games “Grand Theft Auto”, por 11 bilhões de dólares.

“Este negócio (compra da Bungie) é um passo importante em nossa estratégia para expandirmos o alcance do PlayStation para uma audiência muito mais ampla”, disse Jim Ryan, diretor da unidade responsável pela plataforma PlayStation.

Castillo surpreende Peru com nova reforma ministerial

Por Marcelo Rochabrun

LIMA (Reuters) – O presidente peruano, Pedro Castillo, disse nesta segunda-feira que substituirá a primeira-ministra Mirtha Vásquez e mudará seu ministério de centro-esquerda, embora não esteja claro se seu ministro das Finanças, que conta com a simpatia dos investidores, continuará no cargo.

Mirtha Vásquez afirmou no Twitter que renunciou “pela impossibilidade de chegar a um consenso para beneficiar o país”.

Membro de um partido marxista-leninista, Castillo agora nomeará seu terceiro gabinete em apenas seis meses no cargo, o que exigirá a confirmação do Congresso, onde a oposição tem maioria.

Não ficou imediatamente claro se Castillo demitiria o ministro das Finanças, Pedro Francke, que é popular com o mercado e manteve a estabilidade econômica no país rico em cobre. Ele não respondeu a um pedido de comentário sobre sua continuidade no posto.

O formato do novo ministério de Castillo — ou quando pode ser empossado — continua uma incógnita. Ele prestou juramento com um gabinete de extrema-esquerda em julho, enviando a moeda do Peru a mínimas recordes em meio à preocupação dos investidores.

Moderou sua posição em outubro, quando indicou Mirtha Vásquez, advogada de esquerda moderada e ex-presidente do Congresso. Com ela, Castillo sobreviveu a uma tentativa de impeachment no Congresso.

Aeroporto Santos Dumont será leiloado isolado de restante de terminais da 7ª rodada

BRASÍLIA (Reuters) -O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou nesta segunda-feira que o aeroporto de Santos Dumont será leiloado isoladamente, após mudanças promovidas por grupo de trabalho em resposta a queixas do governo do Rio de Janeiro.

“A gente vai ter um bloco só com blocos destinados à aviação executiva, com (aeroportos de) Campo de Marte (SP) e também Jacarepaguá (RJ), um outro bloco com os aeroportos de Pará, Mato Grosso do Sul e Congonhas (SP), e Santos Dumont irá a leilão isoladamente”, disse Freitas durante agenda com o presidente Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro.

Anteriormente, a sétima e última rodada de leilões de aeroportos do país promovida pelo governo federal seria feita em três blocos, com Santos Dumont incluído em um lote com o terminal de Jacarepaguá (RJ) e os aeroportos mineiros de Montes Claros, Uberlândia e Uberaba. Congonhas faria parte de bloco com Campo de Marte (SP), Campo Grande (MS), Corumbá (MS), Ponta Porã (MS), Santarém (PA), Marabá (PA), Parauapebas (PA) e Altamira (PA).

Agora a proposta para o leilão, previsto para ocorrer ainda no primeiro semestre deste ano, é de quatro blocos, com o lote de Congonhas sendo acrescido dos terminais mineiros que antes faziam parte do lote de Santos Dumont. A outorga do lote de Congonhas é de 255 milhões de reais e o investimento previsto é de 5,9 bilhões de reais.

O aeroporto de Campo de Marte agora fará parte de bloco de aviação geral com o terminal de Jacarepaguá (RJ). A outorga é de 138 milhões de reais e investimentos previstos de 560 milhões.

Há ainda um lote formado pelos aeroportos de Bélem e Macapá, com outorga de 57 milhões e investimento de 875 milhões de reais.

Santos Dumont isoladamente terá outorga de 731 milhões e previsão de investimentos de 1,3 bilhão de reais, segundo o ministério.

As mudanças precisam do crivo do Tribunal de Contas da União (TCU), informou o ministério.

“Isso foi um acerto com o governo do Rio de Janeiro, a gente acha que assim a distribuição fica mais justa e a gente ainda vai evoluir nesse processo de modelagem”, afirmou Freitas.

O governo do Rio de Janeiro e a concessionária que administra o Galeão temem efeitos de concorrência predatória sobre o aeroporto de Galeão caso não houvesse mudanças no leilão do Santos Dumont, diante de eventuais permissões para voos mais longos e internacionais.

O Galeão foi concedido para a iniciativa privada em 2013, com um lance de 19 bilhões de reais de um consórcio que incluiu a Odebrecht, hoje Novonor. O valor foi quatro vezes maior que o definido no edital. O prazo do contrato vai até 2039.

Atualmente, a concessionária RIOgaleão é controlada pela Changi Airports, de Cingapura, que tem 51%, enquanto a Infraero tem 49% restantes, segundo informações da companhia.

(Por Alberto Alerigi Jr., edição de Alexandre Caverni)

EUA e Reino Unido punirão amigos de Putin se Rússia invadir a Ucrânia

Por Steve Holland e Guy Faulconbridge e Dmitry Antonov

WASHINGTON/LONDRES/MOSCOU (Reuters) – Os Estados Unidos e o Reino Unido estão preparados para punir as elites russas próximas ao presidente Vladimir Putin com congelamento de ativos e proibições de viagens se a Rússia entrar na Ucrânia, disseram Washington e Londres nesta segunda-feira.

O Reino Unido fez um apelo a Putin para “recuar” depois que o acúmulo de tropas russas perto da Ucrânia alimentou temores de guerra, e alertou que qualquer incursão desencadearia sanções contra empresas e pessoas próximas ao Kremlin.

“Os indivíduos que identificamos estão dentro ou perto dos círculos internos do Kremlin e desempenham um papel na tomada de decisões do governo ou são no mínimo cúmplices do comportamento desestabilizador do Kremlin”, disse a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, a repórteres.

A secretária de Relações Exteriores britânica, Liz Truss, disse que a legislação planejada dará a Londres novos poderes para atingir empresas ligadas ao Estado russo.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, chamou o alerta britânico de “muito perturbador”, dizendo que torna o Reino Unido menos atraente para os investidores e prejudicaria as empresas britânicas.

“Um ataque de um determinado país às empresas russas implica medidas de retaliação, e essas medidas serão formuladas com base em nossos interesses, se necessário”, disse Peskov.

Desde a queda da União Soviética em 1991, Londres tornou-se o paraíso de escolha para um rio de dinheiro da Rússia e de outras ex-repúblicas soviéticas. Defensores da transparência há muito pedem que o Reino Unido seja mais duro com os fluxos financeiros ilícitos.

Méliuz lança app com integração com investimento em bitcoin

SÃO PAULO (Reuters) – A empresa de tecnologia voltada a cashback Méliuz anunciou nesta segunda-feira lançamento de aplicativo que integra funções de compras com serviços financeiros que incluem conta digital e investimento em bitcoins.

A companhia afirmou que o novo aplicativo já está disponível para parte de seus usuários e que será acessível ao restante de sua base “de forma progressiva ao longo das próximas semanas”, segundo comunicado ao mercado.

A integração de serviços financeiros com recursos de shopping coloca a empresa em competição com uma série de fintechs e grandes instituições financeiras do país como Inter e Itaú Unibanco.

As ações da companhia encerraram o dia em alta de 2,8%, cotadas a 2,91 reais. O Ibovespa encerrou com valorização de 0,2%.

A companhia afirmou sem dar detalhes que o novo app permite operações financeiras como PIX, compra e venda de bitcoins e recebimento de “criptoback, ou seja, receber o dinheiro de volta em bitcoin”. A função de cashback em criptomoedas será ativada “em breve”, segundo a empresa.

A Méliuz divulgou na semana passada que teve crescimento de 77% nas vendas brutas do quarto trimestre de 2021 ante mesmo período do ano anterior e terminou o ano com 22,4 milhões de contas, um crescimento de 1,6 milhão em relação a setembro. O número de usuários ativos foi de 9,4 milhões.

A companhia ainda está trabalhando em desenvolvimento de outros produtos que incluem rendimento em conta, portabilidade de salário e “mais possibilidades de uso do cashback”.

Wall St sobe no pregão, e Nasdaq por pouco escapa de registrar pior janeiro da história

Por David French

(Reuters) – As ações norte-americanas fecharam em alta nesta segunda-feira, que marcou o fim de um mês volátil para Wall Street, com o índice de tecnologia Nasdaq evitando por pouco seu pior início de ano já registrado, e o S&P 500 apresentando seu desempenho mais fraco em janeiro desde 2009.

As avaliações de ações de crescimento e tecnologia estão sob crescente escrutínio, enquanto investidores ressabiados com empresas que negociam com avaliações elevadas em um momento em que o Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano) deve começar a subir as taxas de juros para combater a inflação e retirar suas medidas de estímulo econômico implementadas no início da pandemia.

Mais cedo nesta segunda-feira, o Nasdaq esteva a caminho de superar seu pior desempenho de mês de abertura já registrado, quando caiu 9,89% em 2008. No entanto, após seu melhor ganho diário desde março de 2021, fechou em janeiro com queda de 8,99%.

O índice S&P 500 fechou em alta de 1,89%, a 4.515,55 pontos. O Dow Jones subiu 1,17%, a 35.131,86 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançou 3,41%, a 14.239,88 pontos.

Todos os 11 principais setores do índice S&P 500 ganharam, liderados por um aumento de 3,8% nas ações de consumo discricionário. O avanço foi puxado pela Tesla Inc, que saltou 10,7% depois que o Credit Suisse elevou a classificação dos papéis da fabricante de carros elétricos para “outperform” (acima da média do mercado).

Para janeiro, porém, o setor de consumo discricionário foi o de pior desempenho, com queda de 9,7%. No geral, apenas o de energia encerrou o mês em território positivo, auxiliado pelos preços do petróleo, que atingiram seu nível mais alto desde outubro de 2014 na sexta-feira.

O S&P 500 também teve seu pior mês desde a crise causada pela pandemia em março de 2020.

TIM nomeia Alberto Griselli como presidente-executivo

SÃO PAULO (Reuters) – A TIM anunciou nesta segunda-feira a nomeação de Alberto Mario Griselli para assumir o cargo de presidente-executivo da companhia, em substituição a Pietro Labriola, indicado recentemente ao comando do grupo italiano Telecom Italia, que controla a TIM.

Griselli é atualmente vice-presidente de receitas da TIM, cargo que ficará temporariamente vago, com o novo presidente-executivo acumulando a função, afirmou a operadora em fato relevante ao mercado.

A mudança tem efeito imediato, informou a companhia.

(Por Alberto Alerigi Jr.; edição de André Romani)

Economista do Tesouro dos EUA vê pressões inflacionárias diminuindo se pandemia recuar

WASHINGTON (Reuters) – As pressões inflacionárias nos Estados Unidos devem diminuir em 2022 devido a demanda mais fraca por bens, redução de gargalos de oferta e a uma pandemia de coronavírus em declínio, disse o principal economista do Tesouro norte-americano nesta segunda-feira.

Em comunicado divulgado juntamente com as estimativas trimestrais de empréstimos do Tesouro, o secretário adjunto de Política Econômica, Ben Harris, disse esperar que os preços de energia se acomodem em 2022, mas que a instabilidade geopolítica pode elevar os preços.

Harris afirmou que o curso da pandemia continua a ser o principal risco negativo para as perspectivas econômicas dos EUA, juntamente com interrupções na cadeia de suprimentos, altos preços de energia e custos de moradia.

Futuras variantes de coronavírus “podem ter sintomas ou taxas de mortalidade piores ou podem ser totalmente resistentes às vacinas atuais e apresentar um risco significativo para as perspectivas econômicas. Por outro lado, dado os níveis de vacinação e de infecção passada, a população dos EUA pode estar se aproximando da imunidade do rebanho”.

Ele também disse que a pandemia continua a colocar em risco a recuperação das cadeias de suprimentos devido aos bloqueios contínuos na China e no sudeste da Ásia, o que pode manter os preços dos produtos elevados.

O potencial de crescimento futuro também depende da recuperação da oferta de mão de obra norte-americana, diminuída pela pandemia, afirmou Harris.

“Se essas perdas na oferta de mão de obra forem permanentes devido à pandemia, o crescimento econômico potencial será reduzido”, disse ele.

Mas Harris destacou que os fortes balanços das famílias foram um suporte positivo para um crescimento mais forte do Produto Interno Bruto (PIB), assim como o investimento em habitação, produção de energia e propriedades comerciais.

Os governos estaduais e locais também veem uma recuperação mais forte do que o esperado nas receitas, reforçada pelos 350 bilhões de dólares do ano passado em fundos de auxílio contra o coronavírus, afirmou Harris.

“No início de 2022, os principais setores de investimento estão prontos para um forte crescimento, apesar das dificuldades contínuas da cadeia de suprimentos e da ameaça de novas variantes da Covid”, acrescentou Harris.

(Por David Lawder e Andrea Shalal)

Açúcar bruto tem leve recuperação na ICE; café robusta atinge mínima de 3 meses

NOVA YORK/ LONDRES (Reuters) – Os contratos futuros de açúcar bruto na ICE fecharam ligeiramente em alta nesta segunda-feira, recuperando-se de uma mínima de três semanas estabelecida no início da sessão e encerrando uma série de sete sessões de perdas.

Os preços do café robusta caíram para uma mínima de três meses.

AÇÚCAR

* O açúcar bruto para março fechou em alta de 0,02 centavos de dólar, ou 0,1%, a 18,22 centavos de dólar por libra-peso, recuperando-se após atingir o menor preço desde 11 de janeiro, a 17,90 centavos.

* Operadores disseram que o recente desempenho fraco do mercado criou uma perspectiva técnica de baixa.

* As fortes chuvas no principal exportador de açúcar do Brasil no fim de semana também melhoraram as perspectivas para a produção de cana.

* Uma expectativa de melhora para a produção na Índia também pesou sobre os preços.

* A Índia provavelmente produzirá 31,45 milhões de toneladas de açúcar no ano comercial de 2021/22, quase 3,1% a mais que a estimativa anterior, com a produção prevista para saltar no Estado de Maharashtra, no oeste.

* O açúcar branco de março caiu 2,70 dólares, ou 0,5%, a 492,50 a tonelada por tonelada.

* Um pequeno déficit global de açúcar é esperado na temporada 2022/23, disse a consultoria Green Pool na segunda-feira em sua primeira previsão para o período.

CAFÉ

* O café robusta de março caiu 18 dólares, ou 0,8%, para 2.175 dólares a tonelada, após cair para uma mínima de três meses de 2.161 dólares.

* Operadores disseram que uma aceleração no ritmo das exportações do principal produtor de robusta do Vietnã aliviou as preocupações sobre o aperto da oferta de curto prazo e ajudou a colocar o mercado na defensiva.

* O café arábica de março perdeu 0,8 centavo de dólar, ou 0,3%, a 2,351 dólares por libra-peso.

(Reportagem de Marcelo Teixeira e Nigel Hunt)