Bitcoin assumindo o papel de ouro digital?

O Bitcoin nasceu para ser uma moeda descentralizada, ou seja, uma moeda que não sofre a influência direta de qualquer governo. Mas também, como era sabido desde o início, o Bitcoin se trata de um ativo escasso, visto que a mineração de novos blocos é reduzida pela metade a cada novo ciclo e haverá um limite de moedas em circulação.

Apesar de que tais características tornam o ativo uma reserva de valor, a sua grande oscilação de preço ainda traz uma certa insegurança quanto a sua utilização como ativo para proteção de carteira. No entanto, avaliando o comportamento dos mercados hoje, seria possível dizer que esse fator já não é mais um empecilho para que o Bitcoin seja considerado um ativo de proteção.

Existem alguns fatores que sustentam essa hipótese. O S&P 500 vem hoje (23/11) trabalhando pelo terceiro dia consecutivo em baixa, mostrando o que pode ser o início de uma correção. Quando o cenário econômico dá sinais de instabilidade, é comum ver movimentos de baixa nas bolsas de ações e movimentos de alta em ativos de proteção.

Ao contrário do S&P 500, os bonds do governo norte-americano seguem subindo com força, mostrando que os investidores estão buscando por segurança.

O interessante, no entanto, é que o ouro, um ativo tido como um dos mais seguros do mundo, vem caindo com força nos últimos 4 dias. Apenas ontem o metal precioso cedeu 2,2% e hoje vem caindo mais 1,06%. Valores considerados altos para a volatilidade do ativo.

Enquanto isso, o Bitcoin segue mostrando sinais de força compradora.

Já o Bitcoin, apesar de estar trabalhando em um movimento de baixa, vem se segurando em um suporte. A crypto, que chegou a romper o topo histórico no dia 10 de novembro, perdeu força e recuou até a retração de 38,2% de todo a pernada de alta.

Mesmo que o Bitcoin fez este movimento de correção, o ativo ainda se encontra em tendência de alta. Como a crypto vem se segurando na retração de 38,2%, mostra que os compradores ainda estão com força.

Como pode ser visto no gráfico, o ativo já testou por duas vezes o suporte, mas respeitou o mesmo. Isto pode indicar que o Bitcoin continuará trabalhando de forma lateral, ou até mesmo voltar a subir, caso volte a superar a média de 20.

Ativo de proteção

Com o mercado norte-americano caindo, que é uma referência mundial em relação ao mercado de ações, e o Bitcoin subindo, ou pelo menos andando de lado, surge a dúvida, será que a crypto vai mesmo se tornar um ativo de proteção de carteira?

O Bitcoin será mesmo o ouro digital?