Bolsa de Frankfurt, Alemanha

Ações europeias sobem com impulso de papeis de viagem após previsão de tráfego da Ryanair

Por Shreyashi Sanyal

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,42%, a 1.796 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,44%, a 466 pontos, deixando para trás a mínima de fechamento de seis semanas atingida na sessão anterior.

As ações de viagem e lazer avançaram 3,4%.

Maior companhia aérea de baixo custo da Europa, a Ryanair saltou 7,9% depois de elevar sua projeção de tráfego para o longo prazo. As rivais easyJet, IAG e Wizz Air ganharam entre 3,9% e 7%.

“Foi um dia um pouco melhor para os mercados na Europa, deixando de lado a fraqueza na Ásia, com alguns ganhos decentes para viagem e lazer, que deram um respiro depois do anúncio da Ryanair”, disse Michael Hewson, analista chefe de mercado do CMC Markets UK.

As mineradoras, incluindo Rio Tinto, Anglo American e BHP Group, estavam entre os maiores pesos já que os preços dos metais caíram depois que a China reiterou planos de liberar mais metais de suas reservas.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,16%, a 7.027 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,23%, a 15.651 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,59%, a 6.622 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,78%, a 25.963 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,14%, a 8.733 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,20%, a 5.337 pontos.