Vacinação de jovens em Betim

Justiça Suspende Vacinação de Estudantes em Betim, Prefeitura Diz que Recorrerá

Por Eduardo Simões

Na decisão, tomada na noite de quarta-feira, a Justiça mineira determinou a suspensão da vacinação dos adolescentes pelo município até que a prefeitura comprovasse que os grupos prioritários da campanha de vacinação contra a Covid-19 tivessem sido vacinados.

Em nota, a prefeitura de Betim disse que sua decisão de iniciar a vacinação dos estudantes está amparada por nota técnica do Ministério da Saúde que, afirmou, permite à cidade iniciar a vacinação dos adolescentes ao mesmo tempo que imuniza os grupos prioritários estabelecidos pelo Programa Nacional de Imunização (PNI).

“A referida nota prevê, ainda, a imunização dos profissionais da educação, com o objetivo de retomar as aulas presenciais. Respaldada pelo MS, a prefeitura de Betim iniciou a vacinação dos estudantes a fim de garantir esse retorno de forma segura e, dessa forma, minimizar os impactos ocasionados aos estudantes pela Covid-19, principalmente aos que não têm acesso ao ensino à distância”, disse o governo municipal em nota.

No comunicado, a prefeitura também informou que está recorrendo da decisão da Justiça, tomada em caráter liminar.