Prédio destruído por explosão em Bakhmut, em Donetsk, na Ucrânia

Presidente da Ucrânia diz que região de Donbas foi completamente destruída

(Reuters) – O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, disse nesta quinta-feira que as forças russas “destruíram completamente” a região industrial de Donbas e acusou a Rússia de realizar bombardeios enquanto intensifica sua ofensiva no país vizinho.

Zelenskiy também acusou as forças russas de tentarem matar o maior número de ucranianos e causar o máximo de dano possível, repetindo sua acusação de que a Rússia está realizando um genocídio.

Zelenskiy disse que enquanto as forças ucranianas continuam avanços para libertar a região de Kharkiv a leste de Kiev, a Rússia está tentando exercer ainda mais pressão em Donbas, que fica na parte sudeste da Ucrânia.

“Está um inferno lá — e isso não é um exagero”, afirmou ele em um discurso de vídeo tarde da noite, acrescentando que 12 pessoas foram mortas no “bombardeio brutal e absolutamente sem sentido” de Severodonetsk na quinta-feira.

“(Há) ataques constantes na região de Odessa, nas cidades do centro da Ucrânia. Donbas está completamente destruído”, disse ele.

“Esta é uma tentativa deliberada e criminosa de matar o maior número possível de ucranianos, destruir o maior número possível de casas, instalações sociais e empresas.”

(Reportagem de David Ljunggren e Ronald Popeski)