Turquia precisa ver cooperação contra terrorismo para licitações da Otan, diz presidente

ISTAMBUL (Reuters) – O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, disse ao secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, que Ancara não verá positivamente a adesão da Suécia e da Finlândia à aliança, a menos que demonstrem claramente cooperação na luta contra o terrorismo e outras questões.

Em um comunicado da presidência neste sábado, Erdogan disse que apoia a política de portas abertas da Otan.

Em um tuíte após a ligação, Stoltenberg disse que as preocupações de segurança de todos os aliados devem ser levadas em consideração e as negociações precisam continuar para se encontrar uma solução.

(Reportagem de Ezgi Erkoyun)