Cripto Weekend – 3 à 5 de setembro

Ferramenta para transferências de Bitcoins via Twitter é indicada

Começa a tomar forma mais sólida a aproximação entre o Twitter e as criptomoedas. Isso porquê após o anúncio feito por Jack Dorsey, CEO da rede social, de que a Bitcoin (BTC) seria integrada como forma de pagamento dos novos “Super Tweets”, foi a vez do líder de produto da plataforma, Kayvon Beykpour, apontar a Lightning Network como meio de transferência de criptomoedas.

A rede apresenta boa dinâmica de transação ao excluir a necessidade dos custos e tempo de mineração da blockchain original, já que é desenvolvida em camada alternativa da Bitcoin.

Outra parte importante do processo, ao que tudo indica, será a participação da Strike, empresa especializada em pagamentos que ganhou notoriedade ao firmar parceria com o governo de El Salvador no projeto de transformar BTC em moeda de curso no país.

Cabo de guerra Binance x reguladores econômicos federais

Após a confirmação da Binance em uma lista de alerta da MAS, Autoridade Monetária de Singapura  e da resposta do grupo –  estabelendo o dia 10 de setembro como data limite para saque em dólar singapuriano (SGD) – autoridades da África do Sul também demonstram resistência às operações da bolsa de criptomoedas.

A Autoridade de Conduta do Setor Financeiro da África do Sul (FSCA) declarou na sexta-feira (3) que o Binance Group não tem autorização para dar qualquer conselho financeiro ou prestar serviços intermediários no país.

Como resposta, a bolsa afirmou que não oferece consultoria financeira ou serviços de intermediários. Além disso, apontou, em seu comunicado, discrepâncias entre o posicionamento do FSCA e suas competências, já que não consta a regulação de criptomoedas e/ou exchanges em seus poderes.

Singapura e África do Sul se juntam à Malásia, Reino Unido, Holanda, Itália e Japão na lista de países que emitiram avisos regulatórios sobre a Binance.

Confiança de investidores russa nas criptomoedas

Emquanto isso, na Rússia, os resultados da pesquisa feita Associação Russa de Negociantes de Forex (AFD) aponta que 77% de seus investidores consideram as criptomoedas como um melhor investimento para o futuro frente à opções mais tradicionais.

Na listagem, as “moedas nacionais” ficaram em segundo lugar, com 14%. O ouro, amplamente apontado como ativo mais seguro para reservas à longo prazo, com escolhido por apenas apenas 8,8% dos entrevistados.

Praticamente 1/4 dos investidores questionados, 23%, não tem experiência no mercado em ascenção. Entretanto, 4 à cada 5 entrevistados indicaram interesse em explorar a opção em breve.

Os russos atravessam momento de grande recuperação econômica. Ultrapassaram o Brasil e se tornaram a 11ª maior economia do mundo (PIB de US$ 1,474 trilhão, ou RS$ 7,66 trilhões), crescendo ainda 10,3% no último trimestre, retomando o patamar pré-pandêmico. Além disso, a Rússia é destaque em criptoativos na europa com projetos de incentivo e associações de apoio à mineração em seu território.

Bitcoin e Ethereum

Após romper a barreira dos U$ 50 mil novamente durante a última quinta (2), o Bitcoin (BTC) voltou a acelerar e fechou o domingo em US$ 51,753.41 No momento de publicação do artigo, o BTC está sendo negociada na casa dos US$ 51.640.

Entretanto, esse fim de semana já ficou marcado na história da Ehtereum (ETH), com a sexta-feira (3) sendo o primeiro dia desde seu lançamento em que o ativo teve um dia deflacionário, com mais moedas sendo “queimadas” do que produzidas.

Essa controle só foi possível graças à atualização EIP-1559, implementada em 5 de agosto e continua em atividade, com média de 4,56 moedas tiradas de circulação por minuto enquanto o trabalho de mineração já retomou no dia anterior o ritmo positivo ETH no mercado.

Depois de saltar de US$ 3224,37 para US$ 3790,90 entre segunda e quinta da semana passada, seguiu a tendência de alta apesar de oscilação nos fechamentos de sexta e sábado, sendo vendida à US$ 3938,48 no momento de publicação.

Destaque altcoin: Ada Cardano

E a Ada Cardano (ADA) segue dando o que falar. Após sua ascensão meteórica em agosto – crescimento acima dos 100%, rompimento da barreira dos US$ 3 no final do mês e terceira colocação em volume no mercado – foi até indica como ameaça ao posto da Ethereum no mercado. Mas o ativo pode estar passando por seu batismo de fogo no mercado, pois a já esperada correção após a euforia da alta pode vir acompanhada de ceticismo.

De acordo com relatos espalhados por Twitter, Reddit e demais meios, os primeiros retornos de apps em desenvolvimento na tecnologia Cardano não estão muito satisfatórios, com ajustes sendo feitos por conta da implementação dos tão aguardados contratos inteligentes marcada para o dia 12 de setembro.

O criador da moeda, Charles Hoskinson, defendeu seu projeto destacando que a rede Cardano está em modo de testes e que os relatos não seriam necessariamente verídicos – nas redes sociais, os principais ataques à Ada vieram de programadores/apoiadores da Etherium.

Em meio à tudo isso, após voltar à flertar com os U$ 3 logo na sexta, passou por queda no fim de semana e está sendo negociada no momento à U$ 2,86.

 

Criptomoedas em Abril – Revisão Mensal

Abaixo você pode encontrar uma visão geral do que aconteceu em abril no mundo das criptomoedas – trazido a você pela plataforma de negociação de CFDs SimpleFX. Se você tirou uma folga após as notícias e deseja acompanhá-las, ou se quiser apenas ver os destaques do último mês, este artigo é para você.

Abril foi em muitos países, incluindo os EUA, o mês em que você teve que apresentar uma declaração fiscal. Por volta dessa época, também se verificou que as autoridades fiscais de todo o mundo consideram os ganhos de criptomoeda como constituindo rendimentos tributáveis. No entanto, parecia haver muito menos consistência ou clareza quando se trata dos detalhes e diretrizes que devem ser respeitados ao declarar impostos sobre a criptomoeda. Uma coisa é certa – você deve definitivamente monitorar os desenvolvimentos dos regulamentos legais onde você tem a sua residência fiscal, pois é muito improvável que as autoridades parem seus esforços de impor impostos sobre o setor.

Entre em contato com Cryptocurrency hoje

Abril também foi o mês em que Andrus Ansip, vice-presidente da Comissão Européia, disse que o blockchain estava indo para o mainstream. Se você perguntar a nossa opinião, já está lá há algum tempo, apenas que algumas instituições tradicionais, públicas e privadas, podem não estar muito ansiosas para admitir sua afiliação a ela. Brincadeiras à parte, tal declaração das autoridades é sempre uma boa notícia, especialmente quando são acompanhadas por vinte e dois países da UE que assinam a Blockchain Partnership Europeia e outra agência da UE planejando um hackathon sobre o tema em junho.

De fato, as criptomoedas e sua tecnologia subjacente vêm ganhando força, com notícias sobre seus usos versáteis provenientes de diferentes indústrias. Dois rivais de planos de saúde, a Humana e o UnitedHealth Group iniciaram um projeto de blockchain destinado a melhorar o compartilhamento de dados de saúde, bem como sua qualidade. Outra fornecedora de seguros, a Allianz, anunciou que a empresa está trabalhando em um token baseado em blockchain para uso interno, que visa dinamizar a movimentação de dinheiro entre entidades em diferentes países, reduzindo os custos administrativos e de conversão de moeda. Se você acrescentar a isso o fato de que, durante uma audiência no Congresso, William Hinman, um diretor da SEC, defendeu ICOs contra um dos membros do Comitê da Câmara e rumores de que magnatas financeiros como George Soros e a família Rockefeller estão entrando mais ou menos diretamente no mercado das criptomoedas, basta admitir que as perspectivas para o setor são bastante promissoras.

Criptomoedas em março – Revisão Mensal

Abaixo você pode encontrar uma visão geral do que aconteceu em março no mundo das criptomoedas – trazido a você pela plataforma de negociação de CFDs do SimpleFX. Se você tirou uma folga após as notícias e deseja acompanhá-las, ou se quiser apenas ver os destaques do último mês, este artigo é para você.

Conforme revelado pelos documentos que dizem ter vindo de Edward Snowden, a NSA está supostamente executando programas de vigilância destinados a identificar usuários de bitcoin. Isso na verdade não é surpreendente, já que é consistente com as preocupações com o uso de criptomoedas para financiar o terrorismo expressado por Steven Mnuchin e por alguns legisladores dos EUA. Na mesma linha, o Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros, uma agência dos EUA responsável pelas sanções econômicas externas do país, anunciou que planeja adicionar endereços de criptomoeda como outro tipo de identificadores à sua lista de entidades com as quais as empresas norte-americanas não podem fazer negócios.

Entre em contato com Cryptocurrency hoje

O Twitter baniu muitas contas como resultado de um aumento no número de perfis de copycat que enganavam os usuários para transferir criptomoedas. Infelizmente, alguns dos legítimos também foram pegos no fogo cruzado. Em seguida, a plataforma introduziu uma política que proibia anúncios ICOs e de venda de tokens. Será interessante ver se a proibição vai incluir criptomoedas como tal. À luz de um comentário recente do CEO do Twitter, Jack Dorsey, de que o bitcoin se tornará mais importante do que o dólar norte-americano, bem como seu próprio envolvimento no setor de criptografia, pode haver esperança de alguma indulgência.

Parece que o setor de criptomoedas chegou a um ponto em que regulamentações equilibradas seriam muito bem-vindas e benéficas para empresas legítimas. Atualmente, tem havido muitos casos de diferentes tipos de golpes, o que causou reações das autoridades. No entanto, como os governos têm pouca experiência com criptomoedas e sem estruturas jurídicas claras, eles estão no escuro. Assim, suas ações podem ser às vezes desproporcionais e prejudicar empresas legítimas. A mesma situação ocorre com empresas como Facebook, Google e MailChimp que bloquearam conteúdo de criptomoeda, o que pode na verdade desacelerar o desenvolvimento da inovação do DLT.

Por último, mas não menos importante, março foi também o mês em que ocorreu mais uma edição da Cryptocurrency World Expo, desta vez na Alemanha. Estamos felizes em dizer que a SimpleFX recebeu o prêmio de Melhor Plataforma de Negociação de Criptomoedas 2018, segundo ano consecutivo.