EUR/USD em Tendência de Queda

Como ocorreu na semana passada o EURUSD vindo em tendência de baixa caiu até próximo de 1.05, e essa região acabou despertando o interesse de compradores que empurraram o preço de volta para níveis próximos de 1.06. A diferença entre a semana passada e a atual está no quão forte foi essa correção na tendência de baixa. Antes o preço tocou 1.0520 e recuou em dois dias cerca de 150 pips, agora o preço tocou 1.0493 e fez um fundo mais baixo, após esse toque abaixo de 1.05 em dois dias o preço corrigiu para cima, porém o recuo foi inferior a 100 pips.

A tendência de longo prazo para o par EURUSD, pelo menos desde 2014, tem sido de baixa com um fortalecimento do dólar perante o euro. De forma mais recente, a última onda de baixa que vimos foi a partir da eleição norte americana a qual resultou na vitória de Donald Trump, desde então, estamos presenciando o fortalecimento progressivo do dólar, pois a economia americana está demonstrando vigor e dinamismo, com geração de empregos e inflação moderada abaixo da meta de 2% do FED, e ainda temos como cenário provável para o ano de 2017, dois ou mais aumentos de juros nos Estados Unidos pelo banco central dos EUA.

Neste momento o preço está acima de 1.05, nível de grande relevância e que deverá continuar funcionando hora como suporte e hora como resistência, agora está sendo a vez de suporte, porém se continuarmos observando a queda no EURUSD com o fortalecimento do dólar americano, seja por aumento de juros, ou por melhorias das condições macroeconômicas nos EUA, poderemos presenciar o atual suporte 1.05 virando resistência, para que isso seja um cenário provável devemos aguardar um fechamento em velas semanais abaixo deste valor, e nessa hipótese poderemos ver o preço caminhando a níveis ainda mais baixos.

Analisando o EURUSD em gráfico de velas semanais, observamos que a EMA10 (vermelha) está abaixo da EMA20 (azul) indicando que este mercado está em tendência de baixa, o MACD está menor que a linha de equilíbrio (linha zero) com o histograma decrescendo, mostrando que o par está vindo em um movimento de descida, o estocástico está cruzado e apontando para baixo na região de 35, sugerindo que o preço está se deslocando baixo.  Logo, de forma geral os indicativos que temos são que estamos vendo uma tendência de baixa, que o preço recuou até a região de 61.8% de Fibonacci e desde este nível estamos em uma nova onda de queda.

Veja o gráfico semanal do EURUSD.

Este artículo está escrito por Renan Raminelli, analista senior de Alpari Research & Analysis

Reinicio Da Tendencia No EUR/USD

O EURUSD estava passando por um momento de correção para cima na tendência de fortalecimento do dólar que ocorreu desde a eleição norte americana no início de novembro até o início do ano de 2017. No começo do ano iniciou-se um movimento de correção para o lado de cima, com uma inclinação menor do que a baixa ocorrida nos dois meses anteriores, e esse movimento de correção pode ter chegado ao fim, neste momento é possível que o mercado interprete o último topo em 1.0830 como o topo mais baixo na tendência de baixa que está ocorrendo no par.

Dentro desse contexto de retomada da tendência de baixa, vemos que o preço de 1.0830 chegou muito próximo do nível de 61.8% de Fibonacci, e desde então o preço começou a descer. Essa descida se torna um cenário provável, pois o preço começou a desafiar a linha de tendência de alta azul e passou a fechar abaixo da mesma, e posteriormente fechou abaixo do nível de 50% de Fibonacci, conforme o gráfico (H4) a seguir.

No dia 02/02/2017 o preço atingiu o ponto máximo das últimas semanas em 1.0830 em uma quinta-feira, no dia seguinte 03/02 houve a liberação dos dados do “Non-Farm Employment Change” com dados robustos superando as expectativas em 33.50%. Desta forma o dólar recobrou parte de sua força, e o valor atingido no dia 02/02 ao que parece virou um topo mais baixo na tendência de baixa que o mercado interpreta como mais provável num contexto de alguns aumentos de juros pelo FED para o ano de 2017.

Observando o gráfico em velas diárias podemos visualizar uma linha de tendência de baixa azul clara e neste momento o preço está se aproximando de um suporte significativo, podemos concluir que um nível chave para sabermos se o par cairá mais ou terá um rebote é o teste da mínima da semana anterior em 1.0620, próximo ao nível de 38.2% de Fibonacci.

Desta forma, devemos observar se o valor romperá esse nível e fechará abaixo do mesmo em velas semanais, ou se a mínima da semana passada suportará o preço e atrairá compradores. Caso o par feche abaixo de 1.0620 na semana, abre-se a possibilidade de extensão da baixa nas próximas semanas com a chance do par retornar aos níveis mais baixos registrados no início do ano.

Analisando tecnicamente o gráfico vemos que o preço está fechando abaixo das médias moveis, que o histograma do MACD está decrescendo e ocorreu um cruzamento de cima para baixo, ambos sendo indicativos de um momento de baixa no movimento do preço. O Estocástico está apontando para baixo sugerindo que o preço poderá descer. De forma geral os indicadores apontam como um cenário provável a baixa para o curto prazo, conforme vemos no gráfico a seguir.

Este artículo está escrito por Renan Raminelli, analista senior de Alpari Research & Analysis

EUR/USD Análise Técnica

As eleições norte-americanas disparam uma onda de valorização do dólar americano, que saiu de uma posição enfraquecida onde pairavam muitas incertezas quanto a qual governo seria eleito, para uma valorização recorde após dois eventos, a confirmação da vitória de Donald Trump e o aumento de juros pelo Federal Reserve (FED), o que causou um fortalecimento da moeda americana perante suas principais rivais, fazendo com que o dólar atingisse seu valor mais forte em cerca de 14 anos.

A economia europeia tem conseguido esboçar melhorias econômicas e o Banco Central Europeu (BCE) continua com seu pacote de estímulos econômicos e juros zerados. Temos ai uma divergência entre as políticas monetárias do FED e do BCE, pois no contexto americano são esperados alguns aumentos da taxa de juros em 2017, no cenário europeu ainda se fala em manter os juros em níveis muito baixos pelo tempo que for necessário.

Enquanto aumentam juros nos EUA e mantem juros zerados na Europa, torna-se mais atrativo o investimento em moeda americana, o que trás fortalecimento para o dólar. Sendo assim, temos a perspectiva do fortalecimento do dólar americano perante diversas outras moedas, entre elas o euro. Logo, entende-se que a tendência para os próximos meses é de fortalecimento do dólar perante o euro, e que o valor do par EURUSD deverá cair.

Nessa tendência de baixa do EURUSD investidores estão procurando identificar fundos e topos mais baixos, com a formação de resistências e demonstração de velas sugerindo a exaustão da força dos touros nos movimentos de correção para cima. Esses movimentos de exaustão podem trazer novas acelerações do preço para baixo.

Vemos no gráfico que a região de 50% de Fibonacci, com o valor entre 1.0750 e 1.0770, funcionou como uma forte resistência por alguns dias, e que após o preço não conseguir romper esse nível para cima, fez com que o preço caísse e fosse testar a linha de tendência de alta, de curto prazo. Após o teste dessa linha o preço caiu mais e tocou o 38.2% de Fibonacci em 1.0660. Neste momento o preço está se sedimentando abaixo da supracitada LTA, o que poderá indicar que os vendedores voltaram a controlar o mercado.

Analisando tecnicamente o gráfico do EURUSD em velas de quatro horas, a EMA10 (vermelha) está sobreposta a EMA20 (Azul) indicando a possibilidade de um cruzamento de cima para baixo, o MACD está maior que a linha de equilíbrio com o histograma diminuindo, sugerindo que o preço poderá continuar descendo, o estocástico está apontando para baixo na região do sobrevendido, sugerindo que poderá haver um recuo para cima no movimento do preço. De forma geral os indicadores e osciladores estão mostrando sinais mistos, porém como o preço rompeu a LTA, abre-se a possibilidade de reinício da tendência de baixa.

Veja o gráfico H4 do EURUSD:

Este artículo está escrito por Renan Raminelli, analista senior de Alpari Research & Analysis

EUR/USD Análise Técnica

O gráfico diário do EURUSD tem caído progressivamente nas últimas semanas e o mercado está abaixo do intervalo dos últimos 2 anos, isso dá esperança aos touros que apostam na resiliência do EURO de que possa haver uma reversão no movimento de preço, hoje os compradores conseguiram alguma recuperação com uma vela diária de alta, porém o preço continua abaixo da relevante região de 1.05 que é uma das primeiras barreiras mais fortes que serão encontradas nessa tentativa de subida, que deverá atuar como resistência ao movimento de alta e despertará o interesse dos vendedores.

Para que os investidores possam efetivamente acreditar em uma reversão dessa tendência de baixa, seria necessária uma série de velas de tendência de touro forte, e mais forte ainda seria o indicativo e a superação no nível 1.0873, a máxima de 08 de dezembro de 2016, o que interromperia a formação de topos mais baixos, porém não há nenhum sinal de que isto ocorrerá neste momento. No contexto de um dólar mais forte com a possibilidade de maior inflação nos EUA e um ritmo mais rápido de aumento de juro pelo FED isso favorece a valorização do dólar, graficamente as probabilidades parecem favorecer a continuação do movimento de baixa do EURUSD pelo fato de continuarmos tendo uma configuração de topos mais baixos e fundos mais baixos.

Analisando tecnicamente o gráfico do EURUSD em velas diárias, a EMA10 (vermelha) está abaixo da EMA20 (Azul) indicando tendência de baixa, o MACD está menor que a linha de equilíbrio com a diminuição da distância entre a linha do MACD e a linha de sinal, mostrando o recuo ocorrido hoje, porém a linha do MACD continua abaixo da linha de sinal, o estocástico está sugerindo um cruzamento de baixo para cima na região do sobrevendido, também sugerindo um recuo no movimento do preço, de forma geral, no momento, os indicativos são de ocorrência de tendência de baixa com o indicativo que pode estar havendo uma correção para cima, porém os vendedores continuarão buscando zonas de resistência e a formação de topos mais baixos.

Veja o gráfico diário do EURUSD:

EUR/USD Chart
EUR/USD Chart

Este artículo está escrito por Renan Raminelli, analista senior de Alpari Research & Analysis

Previsão do Petróleo Bruto, 19 de Dezembro de 2016, Análise Técnica

Petróleo Bruto

O mercado do Petróleo Bruto retraiu, ligeiramente, durante a sessão de Sexta-feira, mas encontrou suporte junto à anterior linha de tendência ascendente. Ao ressaltar, nós acabámos por formar um martelo, o que significa que parece que o mercado está pronto para subir um pouco mais. Se nós quebrarmos acima do topo da vela para a sessão de Sexta-feira, o mercado rumará depois ao patamar dos $54. Qualquer retrocesso, neste momento, encontrará, mais do que provavelmente, algum suporte, no patamar dos $50 e, como tal, não será até quebrarmos abaixo daí que nós pretendemos começar a vender. Eu também precisaria de ver um fecho diário abaixo desse nível. Independentemente daquilo que acontecer, eu esperaria alguma agitação, considerando especialmente que esta é a semana de Natal e isso, obviamente, funcionará contra a ideia de volume.

oil-12

Brent

Os mercados do Brent caíram, inicialmente, mas depois retraiu para formar uma vela verde para o dia que parece muito bullish. Parece que, se nós pudemos quebrar acima do topo da vela, o mercado rumará depois para o nível dos $57. Uma quebra abaixo do nível dos $53 constitui para mim, uma oportunidade de venda, já que o mercado poderá mostrar um pouco de negatividade abaixo daí. Também, você também terá de prestar atenção ao dólar dos EUA por o mesmo funcionará, obviamente, contra o valor das mercadorias, em geral, e o Brent, obviamente, não será diferente.

Se os países da OPEP e da não-OPEP acordarem num corte da produção, nós obtivemos um pouco de reforço do preço. No entanto, existirá um pouco de provisão de oferta, à medida que o Canadá e os Estados Unidos começarão a invadir o mercado com ainda mais petróleo de xisto, neste momento. Uma vez que se trata da semana antes do Natal, eu acredito que o mercado poderia, mais do que provavelmente, pressionar para trás e para a frente, acima do nível dos $53, esperando mais liquidez para entrar no mercado. De qualquer forma, eu tenho os meus parâmetros, no que diz respeito a eu querer entrar ou sair do mercado.

brent-12